Esportes

Em Manaus, jogos adaptados vão contar com mais de dois mil participantes

Com Corrida Kids, desfile das delegações e acendimento da Pira, a 5ª edição dos Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas) teve início na manhã desta sexta-feira (19). A cerimônia de abertura do evento, que tem como tema deste ano “Reescrevendo minha própria história eu posso ser incluso”, aconteceu na Arena Amadeu Teixeira, no bairro de Flores, zona Centro-Sul.


Um dos homenageados do evento foi o ex-jogador e ex-técnico de futebol amazonense e que dá nome a arena, Amadeu Teixeira. Ele acendeu a pira da competição após receber a tocha de alunos da Escola de Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo.

O Jaavas é o maior evento desportivo escolar de Manaus voltado para estudantes com deficiência e, neste ano, além de alunos da rede pública municipal de ensino, contará com a participação de estudantes das redes estadual e privada.

O evento, promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), conta com a integração de outros órgãos como a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Secretaria de Estado, Esporte e Lazer (Sejel), Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped), além de empresas privadas e Universidade Federal do Amazonas.

“Quando a gente faz um evento como o Jaavas, mostramos para a sociedade o que a gente faz de verdade no nosso dia a dia. A partir daquilo que as nossas crianças podem dar e, sobretudo, tentando conscientizar as pessoas que o fato de ter uma ou outra limitação não torna ninguém menor, pelo contrário”, relatou a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt.

As modalidades, como natação, futsal, bocha, vôlei, dama, queimada, entre outras, serão divididas e realizadas em espaços como o Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, no bairro Santo Antônio, no Complexo Municipal de Educação Especial (CMEE) André Vidal de Araújo, no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul, e na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Com paralisia cerebral, o aluno Mário Jorge Lima, 24, da escola André Vidal de Araújo, se mostrou ansioso para o início das modalidades, que começam a partir de segunda-feira, 22, e vão até o dia 26, como destacou Auxiliadora Lima, mãe do jovem.

“O Mário Jorge desenvolveu muito o seu lado social depois que entrou para a escola e começou a participar dos jogos. Ele joga basquete todo ano e percebemos que ele fica mais feliz quando participar, por isso acho o Jaavas maravilhoso, pois leva oportunidade para esses alunos”, comentou.

Para colaborar na organização da 5ª edição do Jaavas, 30 acadêmicos de Educação Física foram capacitados para atuar como árbitros nas modalidades esportivas que são dividas nas categorias de deficiência intelectual, visual, auditiva, física, paralisia cerebral e autismo.

“Todo mundo, no fundo, pode ser um atleta olímpico, mesmo com suas limitações. Manaus foi uma bela cidade olímpica e ainda estamos no espírito olímpico. O Jaavas já está na sua 5ª edição, mostrando que o esporte leva à ascensão social, à integração, saúde”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir