Sem categoria

Em Manaus, escolas públicas aprovam 381 projetos científicos

O programa é uma alfabetização científica e tecnológica para professores e estudantes - foto: divulgação/Seduc

O programa é uma alfabetização científica e tecnológica para professores e estudantes – foto: Eduardo Cavalcante/Seduc

Um total de 381 projetos de iniciação científica de escolas da rede estudual de eduação foi selecionado para o financiamento por meio do Programa Ciência na Escola (PCE).

A relação foi divulgada pelo Governo do Estado via Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas (Fapeam) Para a mesma edição, 48 projetos da rede municipal de educação de Manaus também tiveram o financiamento aprovado.

Criado pelo Governo do Estado, o PCE é uma ação de alfabetização científica e tecnológica, destinada aos professores e estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio, que desenvolvem projetos de pesquisa em escolas públicas da rede estadual e da rede municipal de Manaus.

O objetivo do programa, de acordo com a Coordenadora Institucional do PCE na Seduc, Simara Abrantes, é proporcionar aos estudantes o contato com a pesquisa dentro do ambiente escolar.

“O PCE é um programa que desenvolve a ciência junto aos professores e alunos no ambiente escolar, possibilitando que, desde cedo, as crianças e jovens tenham um entendimento da pesquisa, já que o objetivo da ação é alfabetizar cientificamente”, destacou Simara.

Interior

Dos 381 projetos aprovados para as escolas da rede estadual, 139 serão executados nas unidades de ensino da capital e 242 nas microrregiões do interior do Estado, dentre as quais: Parintins, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Coari, Tefé, Alto Solimões, Madeira, Purus, Rio Negro e entorno de Manaus.

Os projetos, que têm duração de seis meses, serão desenvolvidos no período de 1º de junho a 30 de novembro.

“Durante esse período, o professor responsável pelo projeto, irá colocar em prática toda a proposta pensada na submissão do trabalho, cumprindo os objetivos elaborados, pesquisas bibliográficas e de campo.

Ao final desses seis meses, professores e alunos deverão apresentar os resultados das atividades desenvolvidas junto a uma banca avaliadora”, explicou Simara Abrantes.

Segundo a coordenadora do PCE na Seduc, o número de projetos inscritos tem crescido todos os anos. “A cada ano o número de projetos vem aumentando e nosso objetivo é apresentar à Fapeam um número cada vez maior, principalmente provenientes do interior do Estado”, afirmou Simara.

A relação dos projetos aprovados pode ser acessada no site da Fapeam (www.fapeam.am.gov.br) ou no site da Seduc (www.educacao.am.gov.br) .

Programa

No ano passado, o Programa Ciência na Escola compeltou uma década e apresentou 30 trabalhos de alunos da rede pública do Amazonas durante a 11ª Semana Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCT).

Por Equipe Jornal EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir