Sem categoria

Em Manaus, enteado mata padrasto ao descobrir traição

Após descobrir a traição do padrasto, o enteado Rodney Coelho Lima, 27,  matou com uma facada no peito o pedreiro Elson Batista Canto, 35. O crime ocorreu por volta das 21h30 do último sábado (11), na casa onde a vítima e o suspeito moravam, localizada no conjunto Cidadão 7 , bairro Nova Cidade, Zona Norte. A vítima chegou a ser atendida no Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) Galileia, mesma zona, mas morreu horas depois.

Um familiar da vítima de 38 anos, que pediu para não ser identificado, informou que a vítima e o suspeito estavam reunidos na residência onde moravam consumindo bebidas alcoólicas, quando a vítima resolveu chamar uma mulher para beber em companhia deles. “Eles estavam bebendo com outro parente do Rodney. Em determinado momento o Elson chamou uma mulher para ir até lá beber com eles e o enteado dele não gostou”, informou.

Por conta disso, o enteado e padrasto iniciaram uma discussão. Uma testemunha que estava com eles no momento do crime, informou que mesmo após o desentendimento, Elson saiu para buscar uma mulher no ponto de ônibus. De volta a casa e, já na presença da mulher, Rodney brigou com Elson.

“Eles brigaram e o Rodney deu uns empurrões na mulher pedindo que ela se retirasse. O suspeito pegou um garfo de duas pontas usado para assar churrasco e tentou furar o Elson, que se defendeu. Em seguida, Rodney se armou com uma faca e desferiu uma facada no peito do padrasto”, explicou.

Elson ainda foi socorrido por vizinhos e encaminhado a uma unidade de saúde, mas não resistiu ao ferimento. O familiar da vítima disse, ainda que “esse foi o primeiro desentendimento deles. A esposa do Elson está viajando para Parintins e não sabe que o filho matou o marido dela”, disse.

Conforme investigadores do 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), depois de desferir a facada na vítima, Rodney chegou a se apresentar na unidade policial e assumir a autoria do crime. Em depoimento à polícia ele relatou que não aceitou uma suposta traição à mãe e matou o padrasto. Ele foi indiciado pelo crime de homicídio e aguardará o julgamento em liberdade.

Por Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir