Economia

Em Manaus, consumidor vai pagar R$ 3,80 por gasolina

O consumidor vai pagar mais caro pelo preço do litro da gasolina, que passará a custar R$ 3,80 em postos de combustíveis de Manaus. O aumento deverá atingir também o diesel, cujo valor do litro subirá para R$ 3,17.

A nova ‘estocada’ no bolso dos consumidores acontecerá por conta do reajuste adotado pela Petrobras, no último dia 29, nos preços de venda da gasolina, de 6%, e do diesel, de 4%, nas refinarias do país. Os novos valores estão em vigor desde quarta-feira (30).

Segundo o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Lubrificantes, Álcool e Gás Natural do Estado do Amazonas (Sindicam), Geraldo Dantas, o valor nas bombas começará a subir a partir do momento em que os donos de postos comprarem os combustíveis com o novo preço.

“Existem postos em Manaus que não tinham reserva e já precisam aumentar o preço agora, mas os que possuem combustível em estoque vão segurar um pouco mais no preço antigo”, afirmou Dantas, ao ressaltar que o “atual cenário econômico não está bom para

Segundo Dantas, assim como os consumidores, os donos dos postos também não gostam de reajustes sucessivos, mas são obrigados a fazê-los para manter os lucros. “Esse último aumento foi pesado”, declarou o empresário, ao destacar que em seu posto haverá aumento.

Para o presidente do Sindicam, Luiz Felipe Moura, a alta no combustível vai depender de cada empresário, pois, segundo ele, os preços praticados nas bombas são livres. “A refinaria vai passar para as distribuidoras e as distribuidoras para os postos e os postos para o consumidor final. Vai depender de cada empresário. Se ele tiver estoque não tem por que aumentar. Mas se não tiver, ele vai comprar mais caro, e terá que repassar”, disse.

Justificativa

De acordo com a Petrobras, a decisão foi tomada diante dos problemas de caixa da companhia após a forte alta do dólar nos últimos dias.

Em novembro do ano passado a empresa já havia aumentado o preço de venda nas refinarias da gasolina e do diesel, com altas de 3% e 5%, respectivamente.

Em janeiro deste ano, a tributação incidente sobre a gasolina e o diesel foi elevada, conforme o decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União (DOU). O aumento foi repassado ao consumidor pelos postos com impacto de R$ 0,22 por litro para a gasolina e de R$ 0,15 para o diesel.

Porém, no início, o aumento variou nos postos, mas após um tempo os preços seguiam um padrão onde a maioria praticava o valor de R$ 3,59 na capital amazonense.

Em agosto, a Petrobras anunciou também aumento do preço do gás de cozinha em botijões de até 13 quilos. A alta anunciada foi de 15%, em média, e algumas distribuidoras de Manaus repassaram ao consumidor o aumento de 7%.

Por Asafe Augusto

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir