Sem categoria

Em Manaus, casal é encontrado morto e familiares suspeitam de crime passional

Familiares das vitimas acreditam que o homem tenha matado a esposa e depois cometido suicídio - foto; Mara Magalhães

Familiares das vitimas acreditam que o homem tenha matado a esposa e depois cometido suicídio – foto: Mara Magalhães

 

Os corpos de Dionísio Ribeiro de Oliveira, 56 e Alda Lúcia Farias de Oliveira, 37, foram encontrados na manhã desta segunda-feira (18) com sinais de enforcamento,  na residência em que moravam,  localizada na rua Boa Sorte,  bairro Colônia Terra Nova 3, Zona Norte da cidade. Familiares das vitimas acreditam que o homem tenha matado a esposa e depois cometido suicídio.

O casal foi encontrado por volta da meia noite,  pelo  irmão de Dionísio, identificado como Fábio Oliveira Pinheiro.
De acordo com a polícia,  Fábio falou que antes de encontrar o irmão e a cunhada mortos,  ele recebeu uma ligação de Dionísio, informando que tinha matado a esposa e que se mataria em seguida.

Quando o rapaz chegou à casa das vítimas,  encontrou o irmão na sala com uma corda no pescoço e a mulher estava no quarto sobre a cama.

Os vizinhos do casal,  informaram que não ouviram discussão e nem barulho durante a noite. Segundo eles, os dois costumavam brigar, mas as agressões eram somente verbais.

Para a ex-nora do casal, identificada somente como Carla,  o motivo do crime é desconhecido, mas segundo ela o celular da ex-sogra foi encontrado quebrado perto do corpo.

Conforme a moça, Dionísio teria passado a tarde consumindo bebida alcoólica. “Não imagino o motivo que levou ele a fazer isso, eles pareciam um casal tão feliz.  Porém o celular dela estava todo quebrado perto da cama, o que dá a entender que ele viu algo que não gostou e por isso cometeu o crime”, disse a ex-nora.

O caso será investigado pela Polícia Civil

Por Mara Magalhães (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir