Sem categoria

Em Manaus, ato pró-Bolsonaro leva cerca de 60 pessoas às ruas

O grupo foi prestar solidariedade contra o ato da semana passada, quando integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), tentaram invadir o prédio em que mora o parlamentar - foto: Ione Moreno

O grupo foi prestar solidariedade contra o ato da semana passada, quando integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), tentaram invadir o prédio em que mora o parlamentar – foto: Ione Moreno

Um grupo de aproximadamente 60 pessoas, segundo os organizadores, fez na manhã deste domingo (1º), um protesto a favor do deputado federal (PSC-RJ) Jair Bolsonaro. O ato aconteceu nos cruzamentos da avenida Djalma Batista e rua João Valério, no conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus.

Com faixas, cartazes, um boneco inflável do juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da operação ‘Lava Jato’, deflagrada pela Polícia Federal, os manifestantes prestaram apoio ao deputado.

O ato aconteceu nos cruzamentos da avenida Djalma Batista e rua João Valério e reuniu cerca de 60 pessoas - foto: Ione Moreno

O ato aconteceu nos cruzamentos da avenida Djalma Batista e rua João Valério e reuniu cerca de 60 pessoas – foto: Ione Moreno

O corretor imobiliário Renner Rodrigues, 28, um dos coordenadores do movimento de apoio a Bolsonaro, disse que o grupo foi prestar solidariedade contra o ato da semana passada, quando integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), tentaram invadir o prédio em que mora o parlamentar.

“Esse ato de protesto é a resposta contra a invasão dos MST ao prédio e contra as citações da mídia aos ideais defendidos pelo deputado Jair Bolsonaro. Não vamos aceitar que opositores agridam a quem defende os interesses da família e que foi primeiro a denunciar na Câmara dos Deputados, em Brasília, a corrupção dos petistas”, declarou Renner Rodrigues.

Rodrigues acrescentou que o grupo vem conversando com Jair Bolsonaro para palestrar na capital amazonense.

“Estamos programando à vinda do deputado Bolsonaro à Manaus, mas ele não virá como candidato, mas como deputado que defende os interesses da família e de seus ideais”, disse Rodrigues.

O parlamentar que votou a favor do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), no dia 17 de abril deste ano, também luta para tirar o então vice-presidente Michel Temer (PMDB) , assim que seja aprovada a saída da presidente.

Além de Manaus, o movimento acontece em mais 16 capitais e 116 municípios do Brasil.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir