Esportes

Em jogo polêmico e violento, Vasco e Avaí ficam no empate

Em partida com dois pênaltis e 11 cartões, sendo três vermelhos, Vasco e Avaí empataram em 1 a 1 na manhã deste domingo (4), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe carioca tem 27 pontos, ainda na vice-lanterna. O time de Santa Catarina foi a 33, atualmente na 14ª colocação.

O gol vascaíno saiu aos 44 minutos do primeiro tempo, em pênalti batido por Nenê. O lance que originou a penalidade, marcada pelo árbitro Luis Teixeira Rocha, gerou reclamação dos catarinenses. A bola bateu nos dois braços do meia Marquinhos em uma tentativa de tirar a bola com carrinho.

Aos 28 min do segundo tempo, a polêmica mudou de lado. Rocha marcou pênalti após a bola bater no braço de Madson, que estava na barreira em cobrança de falta. Demorou quatro minutos até que Léo Gamalho cobrasse e isolasse a bola por cima do gol.

Depois da penalidade, três jogadores foram expulsos, em lances isolados. Jorge Henrique e Rafael Silva, do Vasco, e Romário, do Avaí.

Quando os cariocas se encaminhavam para a quinta vitória em seis partidas, André Lima aproveitou sobra de bola dentro da área e mandou para as redes, empatando a partida na Ressacada aos 40 min.

Após a semana de folga motivada pelas eliminatórias sul-americanas, o Vasco volta a campo dentro de casa contra outro catarinense, a Chapecoense, no dia 15 (quinta), às 19h30. No mesmo horário, mas um dia antes, o Avaí enfrenta o Sport em Pernambuco.]

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir