Esportes

Em jogo monótono, Santos e Rio Claro empatam sem gols

Preguiçoso, o Santos começou a partida contra o Rio Claro, neste domingo (20), sem usar a tão conhecida velocidade de seus atacantes, principalmente com Gabriel. O resultado da noite com pouca inspiração das duas equipes foi um monótono 0 a 0.

Com o resultado, o Santos permanece na liderança do grupo A com 22 pontos, mas não conseguiu assumir a liderança geral do Paulista, que continua com o Corinthians, com 23 pontos.

Já o Rio Claro continua em situação difícil no Estadual. Com apenas 9 pontos, ocupa o quarto lugar do grupo D e tem a terceira pior campanha da competição.

O JOGO

A equipe de Dorival Júnior priorizava o toque de bola no meio do campo. Quando não tinha o domínio da bola, marcava o Rio Claro no campo de ataque, deixando apenas os dois zagueiros na linha central.

O primeiro lance de perigo ocorreu apenas aos 24 min, no entanto, a bola não foi a protagonista. O meia santista Serginho e o zagueiro João Gabriel chocaram as cabeças em uma disputa na área e ambos precisaram de atendimento médico.

O Rio Claro teve o primeira chance de marcar no jogo aos 33 min, quando Lucas Xavier recebeu ótimo cruzamento da esquerda, mas o atacante desviou a bola com o ombro e a mandou para fora.

O jovem Serginho se envolveu em outra disputa de bola e acabou com um corte na na altura do supercílio e, sangrando muito, acabou substituído pelo atacante Paulinho.

E foi de Paulinho a única chance de gol do Santos no primeiro tempo. O atacante pegou de primeira uma bola cruzada da direita, porém o chute passou longe do gol.

Na volta do intervalo, o torcedor que esperava uma partida melhor no segundo tempo teve que se contentar com o jogo morno do primeiro tempo.

Errando muitos passes, o Santos não conseguia colocar velocidade no jogo.
Em noite apagada, Lucas Lima não acertou nenhum passe em profundidade e pouco acionou o atacante Ricardo Oliveira, que tocou pouca vezes na bola durante a partida.

RIO CLARO

Lucas Frigeri; Luís Felipe, Léo Coelho, João Gabriel e Thiago Cristian (Odair Lucas); Elsinho, Rodrigo Celeste, Maurício Heitor e Léo Costa; Lucas Xavier (Índio) e João Paulo (Romarinho)
T.: Sérgio Guedes

SANTOS

Vanderlei; Alisson (Caju), Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Gabigol (Neto Berola), Serginho (Paulinho) e Ricardo Oliveira
T.: Dorival Júnior
Estádio: Augusto Schmidt, em Rio Claro
Árbitro: Rafael Gomes da Silva
Cartões amarelos: Rodrigo Celeste, João Paulo, Léo Coelho (R) e Thiago Maia (S)

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir