Esportes

Em jogo de seis gols, Corinthians arranca empate com o Palmeiras no fim

Com um primeiro tempo eletrizante, com direito a cinco gols e nenhum erro grave de arbitragem, Palmeiras e Corinthians ficaram no empate por 3 a 3 na tarde deste domingo (6), no Allianz Parque, em clássico válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe alviverde chegou a ficar três vezes na frente do placar, com gols de Lucas, Robinho e Dudu, todos no primeiro tempo. Mas o time alvinegro foi buscar a igualdade com Guilherme Arana e Amaral (contra) ainda antes do intervalo, e Vagner Love já no fim da etapa final. Foi o sétimo gol do centroavante na competição nacional.

Apesar do empate ter tido um gosto de vitória, o Corinthians continuou com um jejum de nove clássicos sem vencer e viu a diferença para o vice-líder Atlético-MG cair para de sete para cinco pontos. Agora são 50 contra 45. Como consolo, os corintianos ampliaram a sua série de invencibilidade para 15 partidas.

Já o Palmeiras, que vencia o duelo até os 33min do segundo tempo, perdeu a chance de colar no G-4, o grupo da Libertadores, e ficou com 35, na sétima colocação e a três do quarto colocado São Paulo.

O jogo

O clássico começou muito equilibrado, com as defesas levando vantagem sobre os ataques. Poucas chances foram criadas aos 18min, quando Dudu conseguiu a primeira finalização do jogo.

Depois, no entanto, o jogo ficou muito aberto e, quando a partida foi para o intervalo, o placar já havia alterado cinco vezes.

Mais veloz na troca de passes, o Palmeiras tomou mais a iniciativa na partida, com mais posse de bola e sempre buscando as jogadas pelo lado direito, com o lateral Lucas. Por ali, a equipe palmeirense conseguiu criar as jogadas dos seus dois primeiros gols no confronto.

Aos 19min, Lucas recebeu passe na direita e cruzou para a grande área do Corinthians. No meio do caminho, a bola bateu no lateral Guilherme Arana e encobriu o goleiro Cássio: Palmeiras 1 a 0.

Infeliz na jogada que abriu o placar na partida, o camisa 13 corintiano se redimiu rapidamente e empatou o duelo aos 24min, após bela tabela com Malcom. No entanto, no minuto seguinte, novamente Lucas apareceu sozinho pelo lado direto e cruzou na cabeça de Robinho, que anotou o segundo dos donos da casa.

Os corintianos não se abalaram e foram buscar o empate novamente. Antes, Fernando Prass já havia evitado que Renato Augusto fizesse um belo gol após jogada individual. Mas, aos 37min, o goleiro do Palmeiras viu o volante Amaral anotar um gol contra após dar rebote em uma cabeçada de Marciel.

Mas o time alviverde se aproveitou de nova falha da defesa adversária e chegou ao terceiro gol antes do intervalo. Aos 41min, após cobrança de escanteio, houve um desvio na primeira trave e a bola sobrou para Dudu, sozinho na pequena área, cabecear e fazer 3 a 2.

Tite voltou dos vestiários com Cristian no lugar de Marciel, mudança que fez o Corinthians ganhar mais força na marcação e perder a saída de bola. Com isso, o Palmeiras dominou boa parte da etapa final. Aos 10min, Cássio evitou gol certo de Alecsandro em novo cruzamento de Lucas.

Com o domínio territorial da equipe da casa, o treinador do Corinthians optou pela entrada de Rildo no lugar de Malcom para dar novamente velocidade aos contra-ataques. Sem sucesso.

Já Marcelo Oliveira respondeu com as entradas de João Paulo e Cristaldo. E, quando o Palmeiras era muito melhor em campo, o Corinthians chegou ao empate em uma jogada de bola parada.

Aos 33min, após cobrança de falta de Jadson, Felipe cabeceou em cima de Vagner Love e a bola foi para o fundo do gol de Fernando Prass, selando o empate.

Nos acréscimos, o goleiro Cássio ainda evitou gol certo do Palmeiras em cabeçada de Leandro Almeida quase na pequena área.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir