Política em Foco

Em defesa dos pescadores

Parlamentares do Amazonas se reuniram, ontem, com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, tentando sensibiliza-lo a reverter a suspensão do pagamento do seguro-defeso para pescadores do Amazonas. O pagamento do seguro-defeso foi suspenso pelo governo federal, em outubro de 2015, por 120 dias. Ainda vale a pena lutar pelo pagamento?

Articulação política

Em ano de eleição municipal, corre nos corredores do Congresso Nacional, em Brasília, que o “pai” ou “mãe” da decisão que garantir o pagamento do seguro-defeso ganhará pontos com os pescadores e, consequentemente, apoio no interior do Estado. Será?

Vale a pena

Os votos do interior do Estado estão sendo tão cobiçados que o deputado estadual Dermilson Chagas (PDT) foi até Brasília participar da reunião e engrossar o coro junto com os parlamentares federais.

Discutindo o cenário político

Dermilson Chagas aproveitou a ida a Brasília para se reunir com os deputados federais Silas Câmara (saindo do PSD para migrar para o PRB), Àtila Lins (PSD) e Alfredo Nascimento (PR). De acordo com Silas, a reunião foi para avaliar o quadro político nacional e do Amazonas.

É hoje

Está previsto para retornar, hoje, à pauta do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) os embargos de declaração ingressados pelo governador José Melo (Pros) contra a cassação de seu mandato. Os embargos começaram a ser julgados na última segunda-feira (07/03), mas foram retirados de pauta após um pedido de vistas da juíza federal Marília Gurgel. Há rumores de que a juíza não trará os processos para julgamento. É esperar para ver…

Com CNPJ

O deputado estadual Bi Garcia (PSDB) protocolizou, ontem, no Ministério Público Federal (MPF) um pedido de formalização do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), que assegura a inscrição do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Segundo ele, com a inscrição como pessoa jurídica o Centro pode passar a receber recursos de outros entes para desenvolver as ações. Mas, será que o problema é falta de recursos?

Auditório garantido

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) pagará R$ 2,1 milhões para a FJC Dias Engenharia para construção de um auditório na sede do Legislativo municipal. O despacho de homologação da contratação foi publicado, ontem, no Diário Oficial da CMM.

Obras no Brasileirinho

R$ 2,7 milhões será o valor pago pelo governo do Estado à Laghi Engenharia Ltda. para elaboração do projeto executivo de engenharia da estrada de ligação entre a rodovia AM-010 e o ramal do Brasileirinho com extensão de 23 quilômetros, em Manaus.

Sugestões:
ccavalcante16@gmail.com
99229-2981/3090-1044

1 Comment

1 Comment

  1. lEDILENE MOREIRA

    9 de março de 2016 at 18:24

    É DE DEIXAR QUALQUER TRABALHADOR PERPLEXO AO SABER DE QUANTO SÃO GASTOS O NOSSO DINHEIRO DE TANTOS IMPOSTOS PAGOS.
    E NÃO SATISFEITOS AINDA QUEREM NOS TIRAR NOSSOS BENEFICIOS ADQUIRIDOS COM MUITA LUTA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir