Sem categoria

Em conversa, Sérgio Machado chama Pauderney Avelino de “corrupto”

 

Pauderney disse que vai acionar a Justiça – foto: Agência Câmara

Pauderney disse que vai acionar a Justiça – foto: Agência Câmara

O líder do Democratas na Câmara Federal, deputado Pauderney Avelino, teve seu nome citado em  uma gravação entre o ex-presidente da Transpetro e delator da Lava Jato, Sérgio Moro, e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), divulgada pela mídia nacional nesta  quinta-feira (26).

Pauderney foi chamado de “corrupto” pelo ex-presidente da Transpetro e disse, em sua página no Facebook,  que repudia as declarações e  que vai acionar a Justiça para que Machado possa provar o que disse,  fruto de uma “atitude desesperada”.

“As declarações de Sérgio Machado, as quais repudio, mostram o desespero de alguém que dificilmente escapará da Operação Lava Jato. Nunca conversei com Machado, mas ele, numa atitude desesperada, tenta atacar a minha honra e denegrir minha carreira política. Minha resposta a este ataque é manter-me firme no projeto de reconstrução do País, além de acionar a Justiça para que Machado prove o que disse”, defendeu Avelino em sua rede social.

Confira na íntegra trecho da gravação

Sérgio Machado: Agora esse Janot, Renan, é o maior mau caráter da face da terra.

Renan: Mau caráter! Mau caráter! E faz tudo que essa força-tarefa (Lava-jato) quer.

Sérgio Machado: É ele não manda. E ele é mau caráter. E ele quer sair como herói. E tem que se encontrar uma fórmula  de dar um chega pra lá nessa negociação ampla pra poder segurar esse pessoal (Lava-jato). Eles estão se achando o dono do mundo.

Renan: Dono do mundo.

Sérgio Machado: E o PSDB pensava que não, mas o Aécio agora sabe. O Aécio, Renan, é o cara mais vulnerável do mundo.

Renan: É…

Sérgio Machado: O Aécio é vulnerabilíssimo. Vulnerabilíssimo! Há muito tempo.

Sérgio Machado: Como que você tem cara de pau, Renan, aquele cara Pauderney que agora virou herói. Um cara mais corrupto que aquele não existe, Pauderney Avelino.

Renan: Pauderney Avelino
Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir