Sem categoria

Em coletiva em Manaus, Bolsonaro chama ministra Isabella Teixeira de “perereca”

O deputado está em Manaus, onde recebe a Ordem do Mérito Legislativo do Amazonas – foto: divulgação

O deputado está em Manaus, onde recebe a Ordem do Mérito Legislativo do Amazonas – foto: divulgação

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) mais uma vez causou polêmica. Ele chamou a ministra do meio ambiente, Isabella Teixeira,  de “Perereca”, quando se referiu a questão da retomada das obras da BR-319, estrada que liga Manaus a Porto Velho.

A afirmação foi feita durante coletiva de imprensa, em Manaus, na tarde desta quinta-feira (10),  em um hotel da Zona Centro-Sul.

Bolsonaro foi ‘curto e grosso’. “Se não tratar a BR-319 como prioridade, o Norte vai continuar sufocado e sem visão de desenvolvimento, enquanto  continuar lá (Ministério do Meio Ambiente) aquela “Perereca”, se referindo a Isabella Teixeira.

Bolsonaro também deu sua opinião a respeito da homofobia, racismo e valorização  familiar. Além do conservadorismo, ele afirmou que é a favor do militarismo e da retirada de benefícios de presidiários.

Em relação a sua postura polêmica no parlamento, o deputado  disse ao Em TEMPO que não se beneficia de seus posicionamentos, mas fala o que pensa.

“Sou assim mesmo. Não uso polêmicas para me promover. Falo o que dá na telha. Se gostou, bem. Se não gostou, tanto faz”, rebateu.

Já sobre a disputa presidencial em 2018, Bolsonaro disse que intenção  de disputar o cargo. “Vão ter que me engolir”, disse.

Por Mairkon Castro

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir