Dia a dia

Em Codajás, colombiano é preso com 140 quilos de drogas, além de munições e granadas

Jesus foi conduzido à unidade policial e confessou que faria o transporte de drogas oriundas no Estado do Pará para Manaus - foto: divulgação/PC

Jesus foi conduzido à unidade policial e confessou que faria o transporte de drogas oriundas no Estado do Pará para Manaus – foto: divulgação/PC

O colombiano Jesus Salvador Oraco, 29, foi preso com 140 quilos de droga, munições e granadas, nessa quinta-feira (22), no município de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus).

De acordo com o delegado titular da 78ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Thyago Garcez, o colombiano foi preso após denúncias anônimas.

“Recebemos a informação de que uma quadrilha transportava, em um barco, uma grande quantidade de drogas, armas e munições. Montamos campana em toda a extensão da área portuária de Codajás e conseguimos identificar Jesus, no momento em que ele abastecia a embarcação utilizada para transportar o entorpecente”, contou.

Jesus foi conduzido à unidade policial e confessou que faria o transporte de drogas oriundas no Estado do Pará para Manaus. Conforme o delegado, o infrator também revelou o lugar onde estava guardada a mercadoria ilícita, um acampamento às margens do rio, distante cerca de 40 minutos de barco.

Os policiais que participavam da operação embarcaram em duas lanchas e realizaram campana durante toda a noite de quarta-feira e madrugada de quinta, a fim de prender em flagrante os demais integrantes do esquema criminoso.

“Por volta das 22h ficamos de tocaia com o intuito de identificar qualquer rastro ou barulho dos infratores, mas somente durante a madrugada, por volta das 5h30, foi possível visualizar pegadas em um barranco perto do rio. Entramos na mata e em poucos minutos avistamos o acampamento, onde encontramos a mercadoria ilícita”, explicou Garcez.

No local foram apreendidos 74 quilos de maconha prensada, 66,3 quilos de pasta base de cocaína, uma pistola calibre nove milímetros, uma submetralhadora calibre 765, uma escopeta calibre 12 semiautomática, além de duas granadas de uso restrito do Exército colombiano.
“Todos os cartuchos estavam carregados de munições”, ressaltou o titular da 78ª DIP.

O delegado afirmou que as investigações em torno do caso irão continuar na região de mata fechada com o intuito de localizar outras pessoas ligadas ao crime. Jesus foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ele ficará preso na sede da 78ª DIP, à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir