Dia a dia

Em Coari, mãe e filha são mortas a tiros; irmã e avó das vítimas também foram feridas

Silma Fialho foi atingida com quatro tiros na cabeça e um no abdômen, Suelen Fialho foi atingida com um tiro no tórax - foto: reprodução/Facebook

Silma Fialho foi atingida com quatro tiros na cabeça e um no abdômen, Suelen Fialho foi atingida com um tiro no tórax – foto: reprodução/Facebook

Edionei Menezes Farias, 24, conhecido como ‘John’, foi preso na manhã desta quinta-feira (15), suspeito de matar a tiros Silma Fialho Muniz, 43, e sua filha, Suelen Fialho Muniz, 24, no município de Coari (a quilômetros de Manaus). Outras duas mulheres ficaram feridas.

O crime ocorreu por volta das 23h45, dessa quarta-feira (14), na rua Olavo Bilac, bairro Chagas Aguiar do município.

De acordo com o delegado Mauro Duarte, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, as quatro mulheres, que pertencem à mesma família, estavam conversando em frente da casa de uma delas, quando Edionei e um comparsa identificado como Jefferson de Melo Barreto, 22, vulgo ‘Som’, que estava em uma motocicleta, pararam em uma rua nas proximidades do local onde as vítimas estavam. ‘Jhon’ desceu do veículo e caminhou na direção das mulheres, enquanto o outro suspeito o aguardava na moto.

Conforme o delegado, Edinei se aproximou das vítimas, sacou um revólver e efetuou diversos disparos na direção das mulheres. Silma Fialho foi atingida com quatro tiros na cabeça e um no abdômen, Suelen Fialho foi atingida com um tiro no tórax, ambas morreram no local.

As outras mulheres que são, irmã e avó das vítimas fatais, identificadas como Simonete Fialho Muniz, 51, e Maria Eunice Fialho, 76, foram atingidas com tiros nos braços e pernas. Elas foram levadas para o hospital do município, onde receberam atendimento médico.

Segundo relatos de Simonete Fialho, ela reconheceu o atirador, pois o mesmo mora próximo da casa de sua mãe, Maria Eunice, sendo que na ocasião do crime, o local do fato estava bem iluminado.
Logo após obterem informações sobre os suspeitos, policiais civis e militares iniciaram as buscas. Edionei foi preso por volta das 8h30 de hoje, no mesmo bairro onde ocorreu o crime, o outro seguem foragido.

Segundo o Mauro Duarte, a motivação do crime ainda está sob investigação e as informações colhidas até o momento será mantido em sigilo a para não atrapalhar os trabalhos.

Edionei foi atuado por duplo homicídio qualificado e por tentativa de homicídio. Após os procedimentos feitos na delegacia, ele será encaminhado à Unidade Prisional de Coari, onde ficará à disposição da justiça.

As Policia Civil e militar do município estão realizando diligência para prender o outro suspeito. Quem tiver informações que leve ao paradeiro de Jefferson, pode entrar em contato com a delegacia de Coari pelos números (97) 3561-3815 / 3124 / (97) 98123-3791 ou pela linha direta da PM 190 e PC 181.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir