Dia a dia

Em Coari, homem é preso por estuprar enteada, após denúncia da mãe

Um mototaxista de 28 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (20), na rua Rua Maria Góes, bairro Urucu, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus), suspeito de estuprar a própria enteada, uma adolescente de 14 anos. A denúncia foi registrada pela mãe da vítima.

Segundo informações do registro na Delegacia Interativa de Polícia de Coari (DIP-Coari), a vítima sofria os abusos sexuais desde 2010.

A mãe da vítima, uma faxineira, está separada do suspeito há três meses. Os dois mantiveram um relacionamento de oito anos e, segundo relatos da vítima à polícia, os estupros aconteciam quando a mãe saía para o trabalho.

A jovem também argumentou que não contou o caso antes porque era ameaçada de morte pelo padrasto, que também a intimidava falando que mataria toda a família da jovem e atearia fogo na residência onde moravam, caso ela revelasse os abusos cometidos por ele.

Mas, ainda de acordo com informações do DIP-Coari, no último dia 8, por volta das 16h, o mototaxista foi para a frente da escola onde a adolescente estudava e, na hora da saída, mandou que a menina subisse na garupa. De lá, seguiram para um motel, onde aconteceu mais um estupro. Uma semana após o corrido, a adolescente contou o caso para a mãe que, imediatamente, dirigiu-se à unidade policial para registrar a denúncia.

Revelino já tinha um mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz plantonista da Comarca, Fábio Lopes Alfaia, deferido no dia 16 deste mês. O suspeito negou o crime, mas o exame de condição carnal realizando na vítima, deu positivo.

Por equipe EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir