Dia a dia

Em Boca do Acre, mulher morre durante incêndio em residência; sinistro pode ter sido criminoso

A polícia trabalha com a hipótese de que o incêndio tenha sido criminoso - foto: divulgação

A polícia trabalha com a hipótese de que o incêndio tenha sido criminoso – foto: divulgação

Uma mulher identificada como Esmeralda Rocha da Cruz, 50, morreu carbonizada, após ter a casa incendiada na madrugada desta terça-feira (27), no município de Boca do Acre (a 950 quilômetros de Manaus).

De acordo com o investigador Luciano Sena, do 61º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o incêndio ocorreu por volta das 4h30 da madrugada de hoje e consumiu toda a residência, que era de madeira. Além do imóvel, as chamas atingiram partes de um hotel que fica ao lado da casa da vítima.

Ainda de acordo com o investigador, populares relataram que, antes do incêndio, a vítima teria discutido com um homem, cujo nome não foi revelado. O corpo de Esmeralda foi encontrado no banheiro do imóvel, único cômodo de alvenaria da residência.

A polícia trabalha com a hipótese de que o incêndio tenha sido criminoso. Também será investigado se a mulher foi morta antes de ser carbonizada. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco (AC), onde passará por exames de necropsia que apontará a causa da morte.

incendio-boca-do-acre-2-divul

“Na parede do banheiro tinha escrito o nome de um homem, já conhecido no meio policial e que é o principal suspeito do crime. Ainda vamos aguardar as diligências, mas a princípio temos esse nome. A vítima morava sozinha”, disse o investigador.

O policial informou também que, para conter as chamas, foram utilizados dois carros pipas, cedidos pela prefeitura do município, além da ajuda de moradores e dos policiais militares.

O crime foi registrado da 61º DIP, do município, onde estão sendo feitas as investigações.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir