Economia

Eletrobras Distribuição Amazonas atualiza informações cadastrais de seus clientes

 A previsão de duração do recadastramento é de 13 meses - Foto: Divulgação

A previsão de duração do recadastramento será 13 meses em toda Amazônia Ocidental – Foto: Divulgação

A Eletrobras Distribuição Amazonas inicia, a partir de 1º de março a atualização do cadastro das 908 mil Unidades Consumidoras do perímetro urbano e rural do Estado. A ação, que promoverá a visita de recadastradores às residências, comércios e indústrias amazonenses, pretende ampliar a confiabilidade das informações cadastrais dos consumidores e, a partir desses dados, identificar oportunidades para implementar melhorias nos processos de atendimento aos clientes, assim como as necessidades de regularização das redes e dos padrões de entrada de energia, contribuindo para incrementar mais qualidade e segurança na prestação dos serviços à população.

O recadastramento será divulgado aos consumidores por meio de uma campanha publicitária que contará com um filme para TV, inserções de spots em rádios, redes sociais, instalação de cartazes nos postos de atendimento e publicidade em portais e sites de noticias.

Para a diretora Comercial da Eletrobras Distribuição Amazonas, Andressa Oliveira, “com o recadastramento, a Eletrobras irá melhorar a qualidade dos serviços em relação à eficiência na leitura, entrega das faturas e na agilidade em atender as solicitações de serviços e reclamações. As informações coletadas também ajudarão na identificação de áreas em situações mais críticas, com ligações irregulares prejudicando o fornecimento para os demais consumidores, e subsidiarão o planejamento da expansão e modernização das redes”, destacou.

De acordo com o coordenador do Projeto de Recadastramento, Albermar Fortes, a atualização cadastral faz parte das ações do Projeto Energia +, que conta com o apoio do Banco Mundial, e irá ampliar o grau de confiabilidade dos dados cadastrais dos consumidores. “Durante o recadastramento, serão atualizados todos os nomes dos logradouros das cidades, que possibilitarão minimizar o tempo para a localização das unidades consumidoras pelas equipes comerciais, de emergência e para os leituristas da Eletrobras”, detalhou.

Além do esforço para a atualização cadastral, as equipes de campo, devidamente uniformizadas e identificadas com crachá, vão atuar na divulgação de informações sobre a Tarifa Social de Energia Elétrica e sobre as ações de Governo no combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

A ação também será realizada, simultaneamente, nas outras Empresas de Distribuição da Eletrobras na região, nos estado do Acre, Rondônia e Roraima (Boa Vista). A previsão de duração do recadastramento é de 13 meses.

Projeto Energia +

O Projeto Energia +, criado em 2011 através de uma parceria firmada entre a Eletrobras e o Banco Mundial, contempla recursos equivalentes a US$ 709,3 milhões que têm sido aplicados em um conjunto de ações visando à melhoria da performance operacional e financeira das Empresas de Distribuição da Eletrobras por meio de ações de redução das perdas elétricas e melhoria da qualidade do serviço prestado para os consumidores de energia elétrica, contribuindo assim para a modicidade tarifária, a satisfação dos clientes, e o retorno adequado aos acionistas.

 

Com informações da Assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir