barra portal

Classificados

emprego botao
imoveis botao
Classitempo anuncie grátis

Receita Federal divulga novas regras do IRPJ 2013

A ideia do Fisco é identificar a omissão de informações e possíveis fraudes tributárias – arte: Divulgação
 
 
 
A exemplo de outras regiões do país, até o fim deste mês, a nova malha fina da Declaração de Débitos da Pessoa Jurídica (DIPJ) estará em vigor no Amazonas.
 
A informação foi divulgada nesta quarta-feira (20) pela Receita Federal, que espera identificar a omissão de informações e possíveis fraudes tributárias das empresas, principalmente do comércio e indústria.

De acordo com o Fisco, por enquanto, as empresas que fazem parte do Simples Nacional ainda não estão incluídas, mas a ideia é que todas as empresas sejam monitoradas pelo novo sistema.

Segundo o delegado da Receita Federal em Manaus, Leonardo Barbosa Frota, com a implantação do monitoramento, o cerco à sonegação no Estado deverá fechar mais ainda, pois a DIPJ identificará de imediato mais irregularidades cometidas pelos contribuintes.

“Todo mês a declaração deverá entrar no sistema, passando por essa malha e, caso seja identificada alguma inconsistência, será emitido um extrato de advertência que será enviado ao e-mail da empresa declarante. Que os contribuintes entendam esse rigor e cumpram voluntariamente a sua obrigação. Esperamos aumentar a arrecadação espontânea”, disse o delegado.

Novidades
Este ano, de acordo com o Fisco, a declaração contará com algumas novidades, uma delas é o abatimento de 3% do total do imposto de renda (IR) ainda na declaração 2013 ao contribuinte que quiser fazer doações a um dos fundos de ajuda à criança e a adolescentes inscritos no órgão, até 30 de abril próximo.

Já as doações feitas em 2012 a esses fundos de caridade terão 6% do total como limite de abatimento na mesma declaração.

Ainda conforme a Receita, outra novidade importante, é a inclusão de um link no qual o contribuinte poderá reproduzir no Programa as empresas relacionadas em declarações anteriores. Ao clicar na palavra ‘todos’, a relação dessas entidades, pagadoras ou recebedoras, passará a integrar o programa atual.

A Receita Federal destaca que constará apenas a relação de entidades, devendo o contribuinte preencher com os valores recebidos ou pagos.

Pesquisar no site

Rádio EM TEMPO

Videorreportagem Agora

Entrevistas

Facebook

Charge do dia

charge-do-dia-19-de-abril-de-2014

publicidade

julio sumiu
Our website is protected by DMC Firewall!