barra portal

Classificados

emprego botao
imoveis botao
Classitempo anuncie grátis

Cerca de 300 mil prestigiaram o Réveillon na Ponta Negra

A contagem para a chegada de 2014 contou com uma projeção de cortinas d’água e as vozes de aproximadamente 300 mil pessoas – foto: Ione Moreno
 
Diferente dos anos anteriores, a contagem regressiva para a chegada de 2014, na Ponta Negra, Zona Oeste, foi realizada no Rio Negro com uma projeção de cortinas d’água com as vozes de aproximadamente 300 mil pessoas que foram prestigiar esse momento.

Os primeiros segundos do Ano Novo foram marcados pelo tradicional show de fogos de artifício que durou mais de 15 minutos. Após a queima, a festa de Réveillon continuou com show do sambista carioca Diogo Nogueira.

A festa que iniciou às 19h, contou com a presença de vários artistas regionais que animaram as últimas horas de 2013. Outra novidade utilizada pela Prefeitura de Manaus foi uma iluminação ótica no anfiteatro, recurso utilizado em todo o mundo.

Araras, Ponte do Rio Negro, Teatro Amazonas, Arena da Amazônia, Marcado Adolpho Lisboa, Palácio Rio Branco e outros monumentos saiam em sua projeção e ficando mais próximo do público.

Toda a inovação foi apresentada em uma tela na parte superior do anfiteatro, mas outros efeitos ocorreram nas colunas laterais do palco, momento em que bolas caiam para relembrar que 2014 é o ano da Copa do Mundo e que Manaus é uma cidade sede do evento.

Além do anfiteatro, a prefeitura disponibilizou na Ponta Negra mais dos palcos alternativos com vários ritmos, como rock, reggae, samba e também a música eletrônica.

O evento em geral também marcou um ano de gestão de prefeito Arthur Virgílio Neto que nos primeiros minutos de 2014, emocionado, discursou para população que acompanhava toda festa. “Estamos fazendo a Manaus renascer, e nosso trabalho continua, pois queremos mudança, isso é uma missão santa que depende de Deus e da nossa força”, disse.

Antes de conferir a festa na Ponta Negra, o prefeito acompanhado do governador em exercício, professor José Melo, visitou as festas que também ocorreram na Zona Leste e no Educandos, Zona Sul. Na ocasião, Arthur anunciou mais obras que vão beneficiar a população.

Tradição
Como tradição, muitas famílias preparam as ceias e vão levam para Ponta Negra, no local, armam as mesas, cadeiras e aguardam o momento da virada do ano. Para reservar um local para os pequenos descansarem, a família da industriaria Raida Antunes, 28, levou barracas.

“Como somos mais de 20 pessoas e ainda mais oito crianças, resolvemos trazer, além da tradicional ceia, as barracas para o descanso das crianças, pois a festa não tem hora pra acabar, e esse ano está bem melhor do que os anos anteriores, além de podermos prestigiar os shows que marcam a virada de ano, explicou Raida.

Outra família que aguardava a queima de fogos foi a da comerciante Aline Amorim, 33, que foi acompanhada com o marido, o vendedor Luis Carlos Ribeiro, 47, os dois filhos do casal, uma menina de 13 anos e um menino de 5 anos, e mais sua mãe, a dona de casa Auvanir Gomes.

Aline contou que este foi o quarto ano que eles resolvem ir para Ponta Negra acompanhar a queima de fogos que o fato tornou uma rotina entre a família, que dede as 21h acompanhava a programação da virada de ano.

Na praia algumas pessoas realizaram o Festival de Iemanjá, entre eles o pai de santo que se identificou apenas por Pai Dinho, que realizou oferendas com um pedido de paz e amor para 2014.

Pesquisar no site

Rádio EM TEMPO

Videorreportagem Agora

Entrevistas

Facebook

Charge do dia

charge-do-dia-19-de-abril-de-2014

publicidade

julio sumiu
Our website is protected by DMC Firewall!