barra portal

Classificados

emprego botao
imoveis botao
Classitempo anuncie grátis

Policiais prendem quadrilha que sacava dinheiro do seguro-desemprego

A operação desarticulou grupos que fraudavam o Caged – foto: Antonio Cruz/ABr

Seis pessoas foram presas e carros de luxo foram apreendidos hoje (1º) pela Polícia Federal (PF), no Rio Grande do Sul, durante a Operação Canudos, deflagrada em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado.

 

A operação objetiva desarticular duas organizações criminosas que fraudavam o sistema do Ministério do Trabalho para fazer o saque irregular do seguro-desemprego.

A fraude era comandada por escritórios de contabilidade estabelecidos no município de Novo Hamburgo. De acordo com o chefe da seção de Fiscalização de Trabalho da superintendência, José Carlos Panatto, também foram apreendidos documentos, como guias que comprovam o depósito irregular do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que poderão auxiliar na comprovação da prática criminosa.

“Com esses documentos, também poderemos fazer o bloqueio dos benefícios que ainda não foram sacados pelos integrantes da quadrilha”, disse Panatto à Agência Brasil.

A fraude ocorria, de acordo com a PF, a partir da inserção de dados falsos no sistema do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os escritórios de contabilidade incluíam contratações e demissões fictícias de trabalhadores para empresas clientes, para o pagamento de seguro-desemprego.

Pesquisar no site

Rádio EM TEMPO

Videorreportagem Agora

Entrevistas

Facebook

Charge do dia

charge-do-dia-19-de-abril-de-2014

publicidade

julio sumiu
DMC Firewall is a Joomla Security extension!