Esportes

“ É preciso ter uma preparação física adequada”, diz Lana

esp01-05-06-13

Não adianta apenas contratar novos jogadores, é preciso ter uma preparação física adequada”. A declaração é do preparador físico Pedro Peres ao explicar o segredo do Nacional diante a maratona de jogos que tem enfrentado desde o início do ano com o Campeonato Amazonense, até agora, com a participação do clube em duas competições a nível nacional, a Copa do Brasil e a Série D.

Com uma média de dois jogos semanais, o Naça é o único time amazonense que ainda mantém constante suas atividades diárias com treinos visando não só a conquista Copa do Brasil, mas também a subida para a Série C do Campeonato Brasileiro. Sob a supervisão do preparador físico Pedro Peres (o Pedrinho) os atletas trabalham pesado em cima de uma das maiores armas do time, o condicionamento físico.

Segundo Pedrinho, o time está quase chegando ao seu preparo físico ideal graças a muita disciplina, esforço e trabalho em conjunto de toda equipe ao longo de semanas. “É difícil se chegar aos 100% mas estamos quase lá e agora é só trabalhar para manter o ritmo até o final das competições”. Para atingir o desempenho exigido, o Nacional divide atividades nos dois turnos. De manhã realiza exercícios físicos na academia sobre a orientação de Pedrinho e a tarde treina no CT do clube sob o comando de Aderbal Lana.

A dupla começou trabalhando no inicio do ano no Penarol e estão juntos no Leão desde o inicio do segundo turno do Estadual. Pedrinho atribui a evolução dos jogadores graças a sintonia que tem com o técnico. “Estamos fazendo um bom trabalho não só na parte técnica, como na parte física também. Nossa metodologia é diferente da equipe que estava antes, implantamos nosso ritmo de trabalho e hoje em dia estamos com quase todos os jogadores recuperados de lesões”, disse Pedrinho.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir