Política em Foco

É a vez do interior

No lançamento da nova matriz econômica sustentável do governo do Amazonas, ficou claro que a intenção do governador José Melo (Pros) é garantir emprego e renda para a população do interior do Estado. A intenção do governo é diversificar a economia, tirando o foco da Zona Franca de Manaus (ZFM) para mostrar ao mundo como a floresta amazônica pode ser benéfica e render frutos para todos os setores.

Sem contras

Para garantir que não houvesse nenhum entrave para aprovação dos projetos de lei que ordenarão, juridicamente, a nova matriz econômica sustentável do Amazonas no Legislativo estadual, o governador convidou os mais respeitados ambientalistas do mundo e representantes de instituições não-governamentais para, junto com o governo, “bater o martelo” nas ações. Com isso, o governo silencia o discurso da oposição, mantendo a elegância de um democrata.

Lugar propício

As discussões não poderiam ter sido em um lugar mais propício: um resort, no meio da floresta amazônica, em um município do interior do Estado. Deixe jeito, ficou até difícil para os ambientalistas discordarem da nova matriz econômica sustentável do Amazonas.

Experiência à prova

Experiente na produção e gestão de grandes eventos, o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, circulava no evento promovido pelo governo do Estado no Amazônia Golf Resort como aliado de primeira hora do governador José Melo. Ele coordenava as equipes e todas as ações programadas. Resultado: ao menos aparentemente, tudo saiu dentro do esperado.

Em busca de apoio

O secretário de Estado de Esporte, Fabrício Lima (SDD), tem buscado, incessantemente, o apoio dos parlamentares estaduais. Depois de ter a cerimônia de posse ignorada pelos deputados, que não compareceram na solenidade, Fabrício tem procurado os parlamentares para tratar de ações conjuntas no interior do Amazonas.

Cadê os deputados?

Ontem, o secretário esteve na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) para discutir com os “colegas parlamentares” as ações conjuntas e agradeceu, nas redes sociais, Sabá Reis (PR), Belarmino Lins (PMDB), David Almeida (PSD) e Sinésio Campos (PT), únicos que tem o recebido recentemente.

Novo partido

Em meio ao caos político e econômico enfrentado pelo Brasil, o Amazonas está prestes a contar com um novo partido político: o Partido Renovador da República (PRR) que já conta com 120 assinaturas registradas no Tribunal Regional do Amazonas (TRE-AM).

Sugestões:
ccavalcante16@gmail.com
99229-2981/3090-1044

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir