Sem categoria

Durante protesto contra despejo, moradores bloqueiam rodovia AM-070

Os moradores protestam contra o despejo de algumas famílias da localidade, que seria de propriedade particular – fotos: kattiúcia Silveira e leitor EM TEMPO Online

Os moradores protestam contra o despejo de algumas famílias da localidade, que seria de propriedade particular – fotos: Kattiúcia Silveira e leitor EM TEMPO Online

Com faixas e cartazes, moradores de três comunidades no ramal Janauari, na altura do quilômetro 7 da AM-070 (Manoel Urbano), que liga Manaus a Iranduba, fecharam a rodovia na manhã desta segunda-feira (22), em protesto ao despejo de cerca de doze famílias.

De acordo com o agricultor José Lopes, 25, as famílias já moram na área há mais de 20 anos. “Tá certo que muitos aqui não têm os documentos do terreno, mas são famílias que moram há mais de 20 anos. Porém, nós temos direito sobre essa terra porque plantamos e nunca em todos esses anos ninguém veio interferir”.

janauary3

As liminares foram expedidas pela 2º Vara de Iranduba, a pedido do proprietário do terreno, Guilherme Aluízio de Oliveira.

Ainda de acordo com José Lopes, cerca de 10 mil famílias vão ser retiradas da área.

“Eles estão desapropriando aos poucos para não dar confusão, eles chegam com as liminares à noite e as famílias ficam sem ter pra onde ir. Esses terrenos estão há mais de 30 anos em negociação com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). E eles vão desapropriar cerca de 1.027 hectares  do senhor que se diz dono dos terrenos e o restante iria voltar para as mão dele “, disse.

O agricultor Davi Moraes dos Santos, 42, foi um dos moradores que recebeu a liminar. “Já moro há 20 anos aqui, eu planto, não tenho a documentação, mas eu entrei com o processo por usocapião da área e agora eles vão derrubar tudo que eu plantei”, lamentou.

O agricultor afirmou ainda que outras casas já foram desapropriadas. “Falamos com a prefeitura de Iranduba, que ficou de nos ajudar e até agora nada, nós vamos bloquear a rodovia até alguém decidir ajudar a gente”, concluiu.

O trânsito na rodovia ficou prejudicado e policiais da 8ª Companhia Integrada de Polícia (Cicom) tentaram controlar a situação. Houve confronto entre os manifestantes e passageiros de um ônibus que estava no local.

A policia orienta os motoristas que não trafeguem neste momento na rodovia. “Nós conversamos com as lideranças e eles estão aguardando que alguém se manifeste sobre o fato. Eles já liberaram parte da via, mas o fluxo está lento, estamos tentando organizar”, disse o  sargento da 8ª Cicom, Raimundo Almeida.

Kattiúcia Silveira (EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir