Dia a dia

Dupla integrante da FDN é presa na Zona Sul de Manaus com droga avaliada em R$ 32 mil

Conforme o delegado George Gomes, a dupla é responsável por vender a droga para os traficantes da Zona Sul – foto: Márcio Melo

Conforme o delegado George Gomes, a dupla é responsável por vender a droga para os traficantes da Zona Sul – foto: Márcio Melo

O motorista Anderclei Oliveira Santos, 32, e seu cunhado, o técnico em informática Tarcizo Alves de Souza Filho, 26, foram presos por volta das 21h desta quinta-feira (3), com dois quilos de cocaína pura, avaliados em R$ 32 mil.

A prisão ocorreu na rua Coronel Gonzaga, bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul, no momento em que a dupla ia entregar os entorpecentes para o chefe do tráfico na área, identificado como ‘Isaque’.

De acordo com a polícia, os suspeitos são integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN) e ‘Isaque’ assumiu o comando do tráfico do local no lugar do traficante identificado como ‘Rivas’, morto há alguns anos.

Para à polícia, Anderclei afirmou que é inocente e que a droga não foi encontrada com ele. “Não sei de entorpecentes nenhum. Eu estava no meu carro, a caminho de um mercadinho, quando a polícia me abordou e me prendeu. Sou trabalhador”, disse. Já o seu cunhado contou que estava a caminho da casa de um amigo quando foi abordado, mas negou que a droga tenha sido encontrada com ele.

A Polícia Civil informou que a dupla estava em dois veículos, sendo um modelo S10, branco, e outro um Gol vermelho, e chegava à residência de ‘Isaque’ para entregar os entorpecentes. Ao avistarem as viaturas da polícia, Tarcizo e Anderclei tentaram fugir correndo, e ainda se armaram com um revolver para atirar, mas acabaram sendo capturados. Ainda segundo a polícia, o chefe do tráfico percebeu a movimentação e conseguiu fugir do local.

Conforme o titular do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), George Gomes, a dupla é responsável por vender a droga, repassada por ‘Isaque’, para os traficantes da Zona Sul no preço de varejo.

Os criminosos vinham sendo investigados há dois meses, e a polícia já está na caça do chefe dos acusados.

A dupla foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Após prestarem depoimento, eles foram levados a cadeia pública, no Centro.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir