Dia a dia

Dupla envolvida em adulteração de veículo é presa na Zona Centro-Oeste

Segundo o delegado Jone Clei, a equipe chegou até a dupla por meio de denúncia anônima - foto: divulgação/ Polícia Civil

Segundo o delegado Jone Clei, a equipe chegou até a dupla por meio de denúncia anônima – foto: divulgação/ Polícia Civil

Ramon Almeida, 24, e Márcio André Paiva Rodrigues, 22, envolvidos em posse irregular de arma de fogo de uso restrito e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, foram presos  na tarde desta sexta-feira (29), pela equipe de policiais do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc).

De acordo com a polícia, a dupla foi presa na rua Iracema, bairro da Paz, Zona Centro-Oeste, na casa que seria de um comparsa dos suspeitos. No local, foi encontrado um revólver calibre 38, com sete munições intactas, e uma motocicleta modelo CG 125, cor preta, placa OAJ-0869, que a dupla adulterou com auxílio de uma fita isolante para OAU-0888, mudança identificada pela equipe de investigação.

Segundo o delegado Jone Clei, a equipe chegou até a dupla por meio de denúncia anônima. “Uma pessoa que não quis se identificar ligou para o nosso telefone fixo do departamento e disse que neste endereço dois homens estariam vendendo drogas. Fomos verificar a denúncia e encontramos a moto adulterada e a arma”, acrescentou.

Ainda conforme o delegado, Ramon e Márcio possuíam mandados de prisão preventiva em aberto que foram cumpridos na sede do Denarc.

“O mandado referente a Ramon foi expedido em 2014 pelo juiz Mauro Antony da 3ª Vara do Tribunal do Júri. Já Márcio tinha três mandados por homicídio, também expedidos em 2014. Na época, dois deles foram solicitados pelo juiz Mauro Antony e outro pelo juiz Anésio Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. Todos os mandados ainda não tinham sido cumpridos, pois a dupla não havia sido encontrada”, explicou Jone Clei.

De acordo com o delegado Thyago Tenório, Márcio é conhecido por atuar como matador de aluguel no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus. “Ele é figura conhecida por prestar este tipo de serviço. Sabemos que os crimes cometidos por ele estão relacionados ao tráfico de drogas naquela região. Ele será ouvido pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, que irá dar prosseguimento a esta parte das investigações”, destacou a autoridade policial.

Após o cumprimento dos mandados, Ramon e Márcio foram autuados em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso restrito e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Ao fim dos procedimentos cabíveis, eles serão conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir