Dia a dia

Dupla é presa suspeita de decapitar homem no Tarumã

foto: Divulgação

Dupla é suspeita de decapitar Francinei Soares Pinho em fevereiro deste ano, no Tarumã – foto: Divulgação

Huanderson Silva de Jesus, 28, conhecido como ‘Nen Magrelo’ e Paulo Breno Araújo Veiga, 20, foram apresentados pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (20), suspeitos de envolvimento na morte de Francinei Soares Pinho, 31, ocorrido no dia 16 de fevereiro deste ano, na comunidade União da Vitoria, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Os suspeitos foram presos na mesma comunidade onde ocorreu o crime, na terça-feira (20) em cumprimento ao mandado de prisão expedido pela juíza Mirza Telma de Oliveira Cunha, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

De acordo com o delegado Rodrigo de Sá, titular do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Francinei teria furtado aproximadamente R$ 3 mil, do suposto mandante do crime, identificado como Marcos Miranda da Silva, conhecido como ‘Marquinhos’ que chegou a ter um mandado expedido no nome dele mas, por meio de um advogado, conseguiu revogar a decisão judicial.

Conforme Rodrigo de Sá, no dia do crime, ‘Marquinhos’ convenceu Francinei para ir até um terreno baldio naquele mesmo bairro onde, juntamente com os outros suspeitos, planejavam executar a vítima. Ao perceber que estava em uma emboscada, a vítima travou luta corporal com ‘Marquinhos’, mas acabou sendo executado pelos suspeitos.

Após cometerem o crime, os suspeitos decapitaram a vítima, que teve o corpo encontrado dias depois. Todos os envolvidos no homicídios têm participação no tráfico de drogas daquela área, inclusive Francinei.

Huanderson e Paulo Breno, foram indiciados por homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis eles serão levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por equipe EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir