Dia a dia

Dupla é presa por assassinato ocorrido no começo do mês em Manaus

Os homens foram indiciados por homicídio qualificado - foto: Ney Mendes/PC

Os homens foram indiciados por homicídio qualificado – foto: Ney Mendes/PC

O caseiro Nilson Souza da Costa, conhecido como ‘Bit’, 26, e o autônomo Leodan Souza da Silva, o ‘Léo’, 33, foram presos na tarde deste domingo (30). Eles são apontados como autores do homicídio de Enoques Alves de Brito,22, ocorrido na madrugada do último dia 3, no Conjunto João Paulo 2, Nova Cidade, Zona Norte da cidade.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ivo Martins, os infratores foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva. Os documentos foram expedidos no dia 29 deste mês pelo juiz de Direto do Plantão Criminal, Genesino Braga Neto.

Conforme Ivo Martins, Nilson foi preso em via pública, na rua A do bairro Santa Inês, Zona Leste. Já Leodan, o outro acusado, foi preso na residência dele, localizada em um conjunto habitacional no bairro Santa Etelvina, Zona Norte.

O delegado informou ainda que o homicídio ocorreu no sítio onde ‘Bit’ trabalhava como caseiro.  Na ocasião, a vítima e os dois homens comemoravam o aniversário de Nilson e estavam consumindo bebidas alcoólicas e entorpecentes.

“Os autores do delito alegaram, em depoimento, que durante a festa a vítima teria furtado o celular de Leodan e se recusado a devolver o aparelho. Foi então que eles iniciaram uma discussão e em seguida cometeram o crime”, explicou o delegado.

Enoques foi encontrado por populares em um matagal que fica nas proximidades do sítio onde os três estavam. O corpo da vítima apresentava hematomas e perfurações na perna esquerda e região do abdômen.

Os suspeitos afirmaram que são usuários de drogas e que no dia do crime teriam consumido pasta base de cocaína. Os dois revelaram à imprensa detalhes de como cometeram o delito.

“Eu pressionei o Enoques pra devolver meu celular, mas ele não quis entregar. Foi então que eu o estrangulei e ‘Bit’ o golpeou com um terçado. Depois a gente arrastou a vítima para o matagal. Agimos por impulso e agora vamos ter que pagar pelo crime que cometemos”, declarou Leodan.

Nilson e Leodan foram indiciados por homicídio qualificado. Ainda na tarde de hoje eles serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, Centro, onde irão permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir