Dia a dia

Dupla é presa e adolescente apreendida em operação de repressão ao tráfico na Zona Norte

lávio Taveira foi autuado por tráfico. Já Walter assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas e vai responder em liberdade - foto: divulgação/SSP-AM

lávio Taveira foi autuado por tráfico. Já Walter assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas e vai responder em liberdade – foto: divulgação/SSP-AM

O ex-presidiário Flávio Taveira da Silva, 25, e Walter Diego Silva, 22, foram presos, e uma adolescente de 17 anos aprendida, durante a operação ‘Reposta’, deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) na manhã desta sexta-feira (20), na Zona Norte de Manaus.

Flávio e Walter foram presos na rua Afrânio Coutinho, bairro Amazonino Mendes. A adolescente foi apreendida na casa dela, situada no conjunto Osvaldo Frota, bairro Cidade Nova.

A operação foi coordenada pela da Secretaria Executiva-Adjunta de Operações Integradas (Seaop), com apoio das Polícias Civil e Militar. Os trabalhos foram realizados nos bairros Cidade Nova, Nova Cidade e Mutirão, em locais conhecidos como ‘bocas de fumo’, e que segundo levantamentos da SSP-AM possuem incidência de homicídio e tentativa de homicídios de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.

Com os suspeitos foram aprendidas porções de maconha e de cocaína, duas balanças de precisão, a quantia de R$ 350 em espécie e uma máquina fotográfica.

De acordo com a polícia, a garota é namorada do traficante Ezequiel de Mendonça Torres, 21, que está preso por tráfico de drogas na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP). Depois que o companheiro foi preso, a adolescente assumiu a ‘boca de fumo’ dele.

Em depoimento, Walter afirmou não vender entorpecentes e disse que a droga encontrada com ele era para consumo próprio. Já Flávio confessou que guardava o entorpecente para um traficante conhecido como ‘Macaco’ e que recebia R$ 50 por dia.

Conforme o titular da 3ª Seccional Leste, Pablo Geovani, os suspeitos já vinham sendo investigados há alguns meses por envolvimento com o tráfico.

“A operação tem como objetivo atuar nas áreas de maior incidência de crimes contra a vida. Temos a informação que depois que o marido foi preso, a adolescente guardava e vendia a droga para ele”, disse o delegado.

Flávio Taveira foi autuado por tráfico. Já Walter assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas e vai responder em liberdade. A adolescente foi encaminhada à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir