Dia a dia

Dupla de traficantes é presa e quatro adolescentes são apreendidos, no Aleixo

Polícia chegou a Pedro Paulo Pantoja Cavalcante, 21, e a Joaquim Ramos Nascimento, 20, após denúncias dos pais dos adolescentes que pertenciam a quadrilha – foto: Arthur Castro

Polícia chegou a Pedro Paulo Pantoja Cavalcante, 21, e a Joaquim Ramos Nascimento, 20, após denúncias dos pais dos adolescentes que pertenciam à quadrilha – foto: Arthur Castro

Pedro Paulo Pantoja Cavalcante, 21, e Joaquim Ramos Nascimento, 20, foram presos em flagrante, por volta de 6h desta sexta-feira (19), na rua Oriental, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus, em cumprimento de mandado de busca e apreensão.

O documento foi expedido no dia 26 de maio deste ano, pela juíza da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), Lídia de Abreu Carvalho Frota.

Na casa da tia de Joaquim – situada na rua Parintins, no mesmo bairro – foram encontrados um quilo de droga, aparentemente pasta base de cocaína, um revólver calibre 38 com a numeração raspada, além de um colete balístico.

Segundo a titular do 5º Seccional Sul, delegada Márcia Chagas, quatro adolescentes – entre 16 e 17 anos – também foram apreendidos no local. “Três dos adolescentes são primos de Joaquim e um é vizinho dele. Os pais dos menores colaboraram com a polícia, informando que os mesmos estavam atuando no tráfico de drogas junto com Joaquim e Pedro Paulo”, relatou.

Ainda conforme a delegada, o grupo está sob o comando do irmão de Joaquim, identificado como Rafael Ramos do Nascimento, 25, conhecido como ‘Feroz’. “O ‘Feroz’ também foi denunciado e está foragido, pois ele já responde por homicídio e não quer se apresentar em juízo”, informou.
Rafael e Pedro Paulo são suspeitos de assassinar o irmão de um policial militar daquela área.

De acordo com a autoridade policial, os jovens divulgaram um vídeo nas redes sociais – também mostrado pela imprensa – onde Pedro Paulo aparece armado e efetua vários disparos, durante uma festa que acontecia na laje da residência do suspeito.

Tiros disparados

Na ocasião, tiros foram disparados em direção ao Centro Educacional Adalberto Valle, situado na área, mas não houve feridos.

“As pessoas da comunidade ligavam constantemente para o 181 denunciando os indiciados, alegando que eram coagidos a pagar pedágio ao bando para poder passar na rua, além de denunciar a venda de drogas que estava disseminada no local. Por conta disso, com a ajuda da população, conseguimos identifica-los, cumprimos o mandado de busca e lavramos o flagrante”, declarou Chagas.

Os adolescentes foram encaminhados à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Os suspeitos foram indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. Joaquim também vai responder por posse de arma de fogo e Pedro Paulo por disparo de arma de fogo. Ambos serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital, onde ficarão à disposição da Justiça.

Por Narel Desiree (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir