Dia a dia

Dupla de assaltantes é presa na Compensa após trocar tiros com a polícia

'A dupla foi levada ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados por roubo e porte ilegal de arma de fogo - foto: divulgação/PM

A dupla foi levada ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados por roubo e porte ilegal de arma de fogo – foto: divulgação/PM

José Eduardo Santos de Oliveira, 18, e Paulo Henrique dos Santos Martins, 18, foram presos na noite desta quarta-feira (10), por volta das 21h, após trocar tiros com a polícia. O fato aconteceu na rua Dom Pedro, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com a 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição foi informada pelo Centro Integrado de Polícia (Ciops) que dois homens, em um veículo modelo Celta, de placa NOX – 3766, com restrição de roubo, estavam realizando vários assaltos na Zona Oeste da cidade, e que estavam trafegando nas proximidades do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, na Compensa.

Os policiais realizaram buscas pelo local e avistaram os suspeitos na rua Dom Pedro. Os mesmos, ao perceberam a presença da guarnição, tentaram fugir e dispararam contra os policiais, mas estes revidaram e atiraram na direção dos assaltantes. Um dos disparos acertou um dos pneus do carro dos suspeitos, o que levou o carro parar e os criminosos foram presos.

Durante revista no interior do veículo foram encontrados um revólver calibre 32 com seis munições (sendo quatro intactas e duas deflagradas), e uma bolsa feminina com alguns pertences pessoais.

A dupla foi levada ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados por roubo e porte ilegal de arma de fogo. Ao termino dos procedimentos, eles serão levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade.

Durante a prisão da dupla começaram a circular informações de que eles eram um dos suspeitos que haviam matado o comerciante Antônio Monteiro Filho, 65, e o filho dele, Alan de Souza Monteiro, 27, na noite de ontem, em suposta tentativa de assalto. Porém, a informação foi negada pelo titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Felix.

O crime ocorreu no estabelecimento comercial das vítimas, localizado na rua 10, bairro Aleixo, Zona Centro-sul da cidade.

De acordo com o delegado, o caso foi repassado a Derfd, pois as vítimas foram mortas em um possível assalto, entretanto, as investigações começaram agora e até o momento nenhum dos suspeitos foi identificado.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir