Esportes

Dunga defende mudanças na equipe e diz que tentou se aprimorar

O técnico Dunga escalou times diferentes em cada uma das quatro partidas da seleção brasileira nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo-2018.

O treinador disse que as constantes mudanças na equipe são fruto da evolução do seu trabalho nos últimos anos.
“Uma das certezas que tenho é de que sou melhor do que era ontem. Todo mundo fala em mudança tática, de sistema, mas quando o treinador muda a equipe no Brasil, cai o mundo porque não repete a equipe”, disse.

Na vitória contra o Peru, por 3 a 0, em Salvador, ele mexeu no time e escalou Douglas Costa e Renato Augusto. Os dois marcaram os primeiros gols da equipe nacional na Fonte Nova.

“Já na Europa, quando mudam o sistema de jogo, é porque o cara estudou, é fantástico. Eu tentei me aprimorar, buscar opções e estudar os adversários para encaixarmos nossa melhor formação e termos supremacia na nossa maior virtude, que é a qualidade técnica”, acrescentou

Em Fortaleza, contra a Venezuela, ele armou o time com Ricardo Oliveira isolado no ataque. A seleção venceu por 3 a 1, no Castelão.

Na primeira partida, Oscar foi titular na derrota contra o Chile. Já em Buenos Aires, os santistas Ricardo Oliveira e Lucas Lima começaram como titulares.

Desde que voltou à seleção após o vexame na Copa do Mundo, Dunga tem optado por treinos secretos. Ele fecha praticamente todos as atividades.

Na segunda (16), ele foi obrigado a abrir a parte final do treino para deixar os torcedores entrarem e não escondeu a irritação.

“Além de ser pouco tempo para treinar, têm que nos dar certa privacidade. As pessoas têm que entender que no futebol há vários interesses, mas nós temos um só e esse planejamento deve ser obedecido em respeito à seleção brasileira’, afirmou.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir