Sem categoria

Duelo de Leões na Arena da Amazônia

 

heriberto

Sem convencer no comando técnico do Nacional, Heriberto da Cunha busca ajustar time para a Copa Verde – foto – Arquivo

Maior rivalidade da Região Norte, Amazonas e Pará já duelavam desde quando formavam a Província do Grão-Pará. No futebol, não é diferente. Historicamente, quem leva vantagem é o Pará, porém, neste domingo, essa estatística pode começar a ser alterada. A Arena da Amazônia Vivaldo Lima será palco da 1ª Taça Leão Forte da Amazônia. De um lado estará o Nacional, e do outro o Remo. O jogo amistoso acontecerá às 18h (de Manaus) e promete reviver a rivalidade entre os dois Estados.

Tendo no primeiro semestre de 2016 apenas a Copa do Brasil e a Copa Verde, a partida foi um pedido do treinador nacionalino, Heriberto da Cunha. O novo comandante do Leão da Vila Municipal informou a diretória do clube que os amistosos seriam fundamentais para montar o elenco que disputará, a partir de agosto, o Campeonato Brasileiro da Série D. Prontamente atendido, o Nacional já disputou duas partidas este ano, contra o São Raimundo–PA e Fast. Ambas terminaram com vitória para o Leão da Vila Municipal. Porém, um teste mais forte era necessário para descobrir até onde esse time pode ir no ano. Consciente dessa necessidade, Heriberto afirmou ser necessário observar todos os jogadores do elenco para definir o time ideal, e ainda adiantou que promoverá mudanças na equipe que entrou diante do Fast.

“Setenta por cento da equipe, você já tem. A equipe está em construção e foi toda reformulada. Estamos construindo nesses jogos amistosos e treinamentos. Aos poucos vamos definindo. Já temos a definição na zaga. No setor ofensivo, ainda temos dúvidas e vamos fazer mudanças para definir. Precisamos observar todos os jogadores”, explicou o comandante.

No final de janeiro, Cunha recebeu um presente da diretoria do Nacional. Surpreendendo a todos, os dirigentes anunciaram a contratação do atacante Wanderley, que defendeu o clube na temporada passada, mas por causa de uma grave lesão no joelho esquerdo não pode ajudar na campanha fracassada da Série D. Já treinando com o elenco há duas semanas, o jogador já será titular na partida contra o Remo.

“O Wanderley é um jogador experiente, que tem muita qualidade. Ele está sentindo o tempo que ficou parado. Foi quase um ano. Ele está recuperando e entrando em forma agora. Primeiro jogo que fará após a operação. Mas é um jogador muito determinado e disciplinado dentro de campo. Ele tem uma obediência tática muito boa. Esperamos que ele possa ir evoluindo e crescendo junto com os companheiros”, afirmou Heriberto.

No último coletivo realizado pelo Nacional, o comandante testou a equipe no 4-5-1, deixando Wanderley isolado no ataque, dependendo das chegadas dos meias Álvaro, Charles e Sandrinho para armar as jogadas ofensivas do time. Contratado para ser titular, o zagueiro Vitor virou dúvida para o amistoso na sexta-feira (12), quando teve febre. O atleta fará exames, pois ha suspeita de dengue.

Por Thiago Fernando

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir