Mundo

Duas explosões em carros-bomba deixam mais de 20 mortos na Somália

Mais de 20 pessoas foram mortas neste domingo (21) na região de Puntlândia, na Somália, África, em um ataque reivindicado pelo grupo islâmico Al-Shabaab, afiliado a Al-Qaeda. Dois carros-bombas foram usados no ataque.

O Al-Shabaab vem executando uma série de ataques na Somália. Este é o terceiro atentado em cerca de dois meses -o último foi no fim de julho, também com dois carros-bomba, em Mogadíscio, capital somali.

Neste domingo, moradores da cidade de Galkayo afirmaram que ouviram dois grandes estouros seguidos de um tiroteio.

“Houve duas bombas. A primeira foi em uma van. Depois de cerca de um minuto, um carro explodiu. Meu irmão ficou ferido no local”, disse à “Reuters” Halima Ismail, residente local.
Inicialmente, a polícia divulgou que o ataque deixou dez mortos, mas médicos locais afirmam que o número dobrou.

“O total de vítimas é 20 e o número ainda deve subir”, disse Ahmed Sugule, médico no hospital de Galkayo. Segundo ele, outras 30 pessoas ficaram feridas.

O grupo Al-Shabaab tem se mostrado mais ativo na região norte do país, depois de ter sido expulso do sul. Em 2011, foi retirado de Mogadíscio pelas forças somalis, apoiadas pela força da União Africana na Somália (Amisom), mobilizada desde 2007 e que conta com 22 mil homens.

Depois os islamitas perderam a maioria de seus redutos, mas seguem controlando amplas zonas rurais, de onde lançam suas operações de guerrilha e atentados suicidas.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir