Esportes

Dono do cinturão, Marcos Loro, encara Dudu Dantas no Bellator

O dono do cinturão luta nesta sexta-feira (17), contra o brasileiro Eduardo “Dudu” Dantas, na 156º edição do evento, no Estado da Califórnia - foto: divulgação

O dono do cinturão luta nesta sexta-feira (17), contra o brasileiro Eduardo “Dudu” Dantas, na 156º edição do evento, no Estado da Califórnia – foto: divulgação

Após tirar o cinturão do americano Joe Warren em março deste ano, chegou a hora de Marcos “Loro” Galvão brigar pela permanência do título de melhor lutador dos galos em mais uma edição do Bellator. O dono do cinturão luta nesta sexta-feira (17), contra o brasileiro Eduardo “Dudu” Dantas, na 156º edição do evento, no Estado da Califórnia, Estados Unidos. A transmissão da luta será às 21h (horário local), no canal Fox Sports 2.

Esta será também uma luta de revanche, já que “Loro” perdeu para “Dudu” em 2013. Mas a derrota de dois anos atrás ficou no passado e o lutador, desde lá, segue invicto para mais uma vitória e garante a permanência do cinturão para o Amazonas.

“Deus conhece a minha luta e sei que ele já determinou a minha vitória. Estou confiante e sei que no final do round o árbitro irá levantar meu braço e me dará a vitória”, afirmou o lutador após demonstrar confiança pela luta de hoje.

Rotina pesada

Após vencer seu primeiro campeonato de MMA em 2010, o amazonense decidiu mudar-se para os Estados Unidos, e passou a ser um dos contratados do evento Bellator, onde atualmente é campeão da categoria peso galo, deste 28 de março deste ano.

A rotina do lutador em solos americanos não é nada fácil, pois além de dar conta de ser um atleta com referência, ele tem que lutar para garantir o “ganha pão” de cada dia, dividindo seus dias com treinos e ministração de aulas de jiu-jitsu.

“Sou professor de jiu-jitsu na academia do ex-lutador Vitor Shaolin, minha rotina é dar aulas duas vezes de manhã e três à noite, sem falar que ainda tenho que arrumar tempo para os treinos. Não é fácil viver do esporte, ainda mais eu que nunca recebi sequer ajuda do poder público da minha cidade”, destacou Loro ao comentar sobre a falta de apoio e patrocínio de Manaus.

Ao comentar sobre a falta de recursos públicos desde quando morava em Manaus, Loro ainda alega preconceito por parte de algumas pessoas, desde que passou a morar na cidade de Nova York.

“O único apoio que tive foi o da minha família, que sempre me incentivou e acreditou no meu trabalho, pois nunca tive reconhecimento pelos governantes de minha cidade e Estado, ainda mais depois que passei a morar em outro país, pois muitos pensam que estou rico, sendo que passo por inúmeras dificuldades para me manter aqui”, disse Loro.

Torcida 

Amigos e familiares de Marcos “Loro” Galvão já estão na torcida, e até fizeram uma movimentação no Instagram, onde estão sorteando a camisa que o lutador usará esta noite.

“Estamos confiantes da vitória do Loro, até porque sempre acompanhamos a trajetória dele no mundo das lutas. Amanhã (hoje) estaremos todos reunidos para assistir mais uma vitória dele”, disse Diva Amazonas, prima do lutador amazonense.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir