Dia a dia

Dois são detidos por desmatamento em área de preservação, no Águas Claras

Todo o material que era utilizado pela dupla na derrubada de árvores foi apreendido - foto: divulgação/Batalhão Ambiental

Todo o material que era utilizado pela dupla na derrubada de árvores foi apreendido – foto: divulgação/BPAmb

Após denúncias, o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) se deslocou na manhã deste domingo (16) à rua H Quatro, localizada no loteamento Águas Claras, Zona Norte de Manaus, para averiguar uma possível degradação ambiental.

Na ocasião, dois homens identificados como Erivaldo Ouro Barbosa, 41, e Lázaro Campos da Silva, 55 – ambos residentes do bairro Zumbi dos Palmares, situado na Zona Leste –, foram detidos em flagrante após ser constatado que os suspeitos realizavam a prática de desmatamento em área de preservação permanente no local citado.

Todo o material que era utilizado pela dupla na derrubada de árvores foi apreendido pelo Batalhão e encaminhado, juntamente com os suspeitos, ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para a realização dos procedimentos cabíveis.

Madeira

Também na manhã deste domingo, o BPAmb se deslocou via fluvial até o quartel do 4º Batalhão de Aviação do Exército (Bavex) para averiguar uma extração ilegal de madeira.

Chegando à zona indicada, a guarnição adentrou em área militar e constatou o crime. Porém, não havia ninguém no local.

Na ocasião, também foi encontrada uma estrutura de balsa com guincho, utilizada pelos infratores.

A carcaça foi conduzida ao porto militar da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (Comara).

Os superiores do 4º Bavex foram orientados pelo batalhão sobre os procedimentos a serem tomados, caso os infratores sejam localizados realizando a extração de madeira na área militar.

Por Narel Desiree

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir