Mundo

Dois homens são mortos próximo ao local de concurso de caricaturas de Maomé

Dois homens, suspeitos de transportar explosivos, foram mortos pela polícia ontem (3) na parte externa de um centro cultural palco de um concurso de caricaturas de Maomé no Texas (EUA), informaram os organizadores do evento.

Agentes de equipes de intervenção da Swat declararam à cadeia televisiva ABC que dois suspeitos dispararam contra o Culwell Centre Curtis, em Garland, perto de Dallas, o qual sediava o concurso de caricaturas, apresentado como um evento pela “liberdade de expressão”.

Pamela Geller, ativista e cofundadora da entidade organizadora do evento – a American Freedom Defense Initiative – escreveu na rede social Twitter que a polícia abateu dois suspeitos e que era aguardada a chegada da equipe especialista em explosivos.

Um agente de polícia foi baleado na perna e transportado para o hospital.

O político holandês Geert Wilders, que foi convidado para participar no evento, afirmou estar “chocado”. “Estou chocado. Falei durante meia hora sobre cartoons, Islão e liberdade de expressão e acabei de deixar o local”, disse, num e-mail à agência AFP, qualificando o tiroteio de “atentado às liberdades de todos”.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir