Política

Doações irregulares para campanhas eleitorais serão divulgadas no Amazonas

Os candidatos que disputaram o primeiro turno têm até 1º de novembro para prestar contas de doações e despesas - foto: divulgação

Os candidatos que disputaram o primeiro turno têm até 1º de novembro para prestar contas de doações e despesas – foto: divulgação

Até o final desta semana, o Ministério Público do Estado (MPE) vai divulgar dados prévios sobre o número de doadores eleitorais irregulares na campanha de 2016, segundo informações da assessoria de imprensa do órgão. Deve ser apresentado ainda um breve relatório de doações com possíveis irregularidades.

Os candidatos que disputaram o primeiro turno têm até 1º de novembro para prestar contas de doações e despesas, enquanto os que concorrem no segundo turno, tem prazo até 19 de novembro. Somente após estas datas serão realizados os julgamentos das contas na Justiça Eleitoral para haver uma conclusão sobre irregularidades ou não.

A diplomação dos candidatos eleitos deve acontecer no dia 19 de dezembro e, para que isso ocorra acontecerá o cruzamento de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal de Contas da União (TCU), que garantirão se o candidato está apto ou não a exercer o cargo político.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir