País

Distrito Federal registra primeira morte por gripe A H1N1

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal registrou a primeira morte por gripe A H1N1 na região. Uma mulher de 80 anos morreu no dia 13 de fevereiro em um hospital privado. A secretaria foi notificada no dia 31 de março e a notícia foi divulgada nesta terça-feira (4) em coletiva à imprensa.

Segundo a secretaria, mais 14 pessoas foram infectadas pelo vírus, oito estão em estado grave. Em 2015 o Distrito Federal não registrou mortes em decorrência da gripe A H1N1. Em 2014 foram 21 casos e cinco mortes por este tipo de gripe.

A campanha de vacinação começa em todo o Brasil no dia 30 de abril e vai ser destinada a pessoas com 60 anos ou mais, profissionais da Saúde, povos indígenas, crianças na faixa etária entre seis meses e menores de 5 anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada de liberdade e a funcionários do sistema prisional.

Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde do Distrito Federal, Tiago Coelho, a secretaria mantém estado de alerta tanto para profissionais de saúde atentarem para os sintomas como para a população se prevenir. “Temos que lembrar que estamos falando de uma gripe, então temos que reforçar o conhecimentos básicos de lavar bem as mãos sempre, usar o álcool em gel, evitar locais fechados com muitas pessoas gripadas”, disse.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir