Cultura

Diretor do final de ‘Game of Thrones’ diz não ter lido os livros da saga

Para David Nutter, diretor do episódio final da quinta temporada de “Game of Thrones”, exibido no domingo (14), o que acontece no desfecho do capítulo é um dos momentos mais marcantes de toda a série. Este texto contém spoilers.

“É uma surpresa atrás da outra. E te atinge diretamente nesse episódio final, que é como nenhum outro fim de temporada que conheço ou que já tenha participado”, disse Nutter ao site “Deadline”.

O diretor conta que o que aconteceu na noite de domingo -a morte do personagem Jon Snow- só é comparável ao final da terceira temporada, o “Casamento Vermelho”. Nesse episódio, alguns dos principais sobreviventes da família Stark -a matriarca Catelyn e o rei do norte Robb Stark- são assassinados.

Coincidentemente, Nutter dirigiu ambos os finais de temporada. Ele conta que, assim como o final do terceiro ano de “Game of Thrones” influenciou todo o desenrolar dos episódios seguintes, a morte de Jon Snow surtirá efeitos nos personagens “por um longo tempo”.

Ele também comentou que não leu os livros de George R.R. Martin, que inspiraram a saga. “Deixo os roteiros serem a minha Bíblia. Acho que na maioria das vezes, e independentemente se alguém leu o livro ou não, esquecemos que a primeira impressão é realmente o que importa para boa parte da audiência.”

Nutter rebateu críticas de fãs sobre os desvios da série em relação à história original. “Acho que os ajustes que os criadores fizeram na série são os corretos, e foram profundos. Eles mudam a história porque confere melhor estrutura para se contar a história no meio audiovisual. Também, acho que precisavam alterar o que está no livro [de fantasia] simplesmente para se encaixar na realidade do que é possível na produção de uma série.”

Por Folhapress

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top