País

Dilma recomenda roupas compridas a atletas da Rio-16 para evitar doenças

Presidente reforçou a necessidade de prevenção contra o Zika - Foto: Divulgação

Presidente reforçou a necessidade de prevenção contra o Zika – Foto: Divulgação

A 168 dias dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a presidente Dilma Rousseff (PT) aconselhou atletas e turistas que virão ao Brasil no período a usarem roupas compridas o tempo todo para evitar os vírus da dengue, da Chikungunya e da Zika. Além disso, a presidente reforçou a necessidade de aplicação de repelente a fim de afastar o mosquito Aedes aegypti, transmissor das três arboviroses. “São as mesmas precauções que nós, brasileiros, devemos tomar”, afirmou.


Apesar das recomendações, Dilma disse que está tranquila em relação à Olimpíada. “Há uma boa notícia: o período de maior proliferação do mosquito acontece de janeiro a junho, ou seja, haverá uma queda vertiginosa no número de mosquitos. Também estamos dando um cuidado especial aos locais que vão receber turistas”, disse.

A recomendação da presidente foi a resposta a um dos alunos do Colégio da Polícia Militar Alfredo Viana, em Juazeiro (BA). Dilma esteve na unidade de ensino nesta sexta-feira (19), onde deu uma aula de 30 minutos sobre o Aedes aegypti, o vírus da zika e a microcefalia para cerca de 200 alunos do ensino fundamental.

A ação faz parte da Mobilização Nacional da Educação Zika Zero do governo federal, que está mobilizando as equipes do Programa Saúde na Escola. Ao todo, 78 mil escolas em 4.787 municípios serão contempladas. Antes da aula, a presidente visitou a biofábrica Moscamed Brasil, onde pesquisadores baianos realizam a esterilização dos mosquitos com a ajuda da energia nuclear e, também, a infecção bacteriana de ovos dos insetos.

Questionada sobre as ações do governo federal para conter o avanço das arboviroses, Dilma voltou a falar do desenvolvimento de vacinas em parceira com os Estados Unidos e do estímulo à produção de mosquitos transgênicos.

“Tanto a vacina quanto a produção de mosquitos estéreis levarão um tempo para dar resultados. O que temos que fazer agora é reservar 15 minutos, uma vez por semana, para acabarmos com os possíveis criadouros em nossas casas”, afirmou a presidente.

Por Folha Press

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir