Sem categoria

Dilma autoriza empréstimo de U$ 150mi do Bird para prefeitura de Manaus

A informação foi confirmada, nesta quarta-feira (20), pelo próprio prefeito Arthur Virgílio Neto, que na próxima semana viaja para Brasília (DF) para acompanhar a liberação dos recursos no Senado Federal - foto: divulgação

A informação foi confirmada, nesta quarta-feira (20), pelo próprio prefeito, que na próxima semana viaja para Brasília (DF) para acompanhar a liberação dos recursos no Senado Federal – foto: divulgação

Depois de mais de um ano de espera, a presidente Dilma Rousseff finalmente autorizou a análise do empréstimo de U$ 150 milhões, já autorizados pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) para Prefeitura de Manaus. A informação foi confirmada, nesta quarta-feira (20), pelo próprio prefeito Arthur Virgílio Neto, que na próxima semana viaja para Brasília (DF) para acompanhar a liberação dos recursos no Senado Federal.

“Demorou muito, o que considerei uma injustiça com o povo de Manaus, já que outros entes federativos tiveram seus pedidos analisados recentemente”, desabafou o prefeito. “Nesse momento agradeço o empenho do senador Omar Aziz, que liderou todo esse processo, bem como as senadoras Vanessa Grazziotin e Sandra Braga que também se manifestaram favoráveis ao empréstimo”, completou.

O despacho da presidente da República está disponível no Diário Oficial da União (DOU) e será analisado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) na próxima terça-feira (26). Segundo Arthur Neto os recursos internacionais serão investidos prioritariamente em melhorias de infraestrutura.

“A vantagem desse empréstimo é que ele funciona como um guarda-chuva, servindo para o aperfeiçoamento de gestão e políticas públicas, serve para socorrer nossas políticas sociais, mas a ênfase será a infraestrutura da cidade, que sofre com um inverno muito rigoroso”, explicou o prefeito.

Aporte financeiro em 2016

Os recursos internacionais foram aprovados ao Executivo Municipal pelo Bird em março do ano passado. Após liberação da CAE, a expectativa é que mais de R$ 400 milhões sejam repassados para prefeitura ainda este ano.

Conforme o secretário municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Ulisses Tapajós, em média, a liberação dos contratos e liberação final dos projetos demora 30 dias.  “Iremos receber, nesse primeiro aporte, cerca de 82% dos recursos contratados, o que equivale a, aproximadamente, R$ 485 milhões. A diferença será repassada no ano de 2017”, detalhou.

Ainda segundo Tapajós, o empréstimo respeita a capacidade de endividamento do Município e poderá ser pago em até 24 anos, com cinco anos de carência. “O prazo nos permite absorver esse empréstimo de maneira bastante confortável ao mesmo tempo em que vai significar melhorias significativas na qualidade de vida da população”, finalizou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir