Esportes

Dilma apresenta tocha olímpica e garante segurança dos Jogos

A 399 dias da abertura das Olimpíadas no Brasil, a presidente Dilma Rousseff apresentou nesta sexta-feira (3) a tocha olímpica dos Jogos Rio 2016. Dilma disse que tem sido “questionada no exterior” sobre a segurança dos jogos que, segundo a presidente, está assegurada para uma “Olimpíada histórica”.

“As obras estão em dia. E eu fui perguntada no exterior sobre a questão da segurança nas Olimpíadas e disse que, com a certeza da experiência que tivemos durante a Copa do Mundo e por toda a nossa parceria com o governo do Rio de Janeiro, tivemos a capacidade de articular as Forças Armadas e a Polícia Federal de um lado, e a Secretaria de Segurança Pública do Rio com a Polícia Militar e Polícia Civil do outro”.

De acordo com a presidente, é essa experiência que vai fazer o país “ter a honra e o orgulho” de ser o primeiro país da América do Sul a sediar os Jogos Olímpicos.

Em Brasília, a cerimônia também marcou o lançamento da rota de revezamento da tocha, que vai percorrer 300 cidades brasileiras, carregada por 12 mil pessoas.

Ao lado de Dilma estavam Luiz Fernando Pezão (PMDB), governador do Rio, Eduardo Paes (PMDB), prefeito do Rio, além de outras autoridades e atletas olímpicos.

A TOCHA

Símbolo tradicional das Olimpíadas, a tocha vai chegar a Brasília em maio do ano que vem e correrá Estados como Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Em 5 de agosto, chega ao Rio, cidade-sede dos Jogos, para a abertura oficial no estádio do Maracanã.

Há 2.900 anos, a cerimônia da tocha olímpica é a mesma: as chamas são acesas com a luz do sol em Olímpia, onde ocorriam os jogos na Grécia Antiga e, em seguida, é levada ao país-sede do evento.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir