Saúde e Bem Estar

Diabetes e obesidade ameaçam redução de mortes por doença cardíacas, diz OCDE

foto: divulgação

foto: divulgação

O aumento do número de pessoas obesas e com diabetes ameaça a redução das mortes por doenças cardiovasculares, que nos últimos 50 anos caiu 60%, informou nesta quarta-feira (17) a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Segundo relatório divulgado pela OCDE, apesar da diminuição, as doenças cardiovasculares ainda são a principal causa de mortalidade nos 34 países-membros da organização.

Mas a tendência de redução está ameaçada com o aumento das taxas de obesidade e de diabetes, porque as pessoas que sofrem dessas duas doenças têm mais probabilidade de ter problemas cardiovasculares.

Segundo dados da organização, nos países da OCDE há 85 milhões de diabéticos e até 2030 é esperado um aumento de 27%, para 108 milhões de pessoas, enquanto a obesidade afeta na atualidade uma em cada cinco pessoas.

No relatório, a OCDE recomenda aos países-membros promoverem estilos de vida mais saudáveis, garantir que os cuidados básicos sejam acessíveis a todos e estabelecer uma meta nacional para melhorar a qualidade dos cuidados de saúde.

Por Agëncia Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir