Saúde e Bem Estar

Dia Nacional do Teste do Pezinho lembra a população para a importância do exame

Obrigatório por lei no Brasil, o teste do pezinho deve ser feita entre o terceiro e o sétimo dia de vida da criança – foto: reprodução

Obrigatório por lei no Brasil, o teste do pezinho deve ser feita entre o terceiro e o sétimo dia de vida da criança – foto: reprodução

Capaz de identificar precocemente doenças que não apresentam sintomas nos primeiros dias de vida, o chamado ‘teste do pezinho’ é um dos mais importantes para os recém-nascidos. Não à toa, nesta segunda-feira, dia 6, é celebrado o Dia Nacional do Teste do Pezinho, com o objetivo de alertar à população para a importância de se realizar o exame.

Obrigatória por lei no Brasil, a Triagem Neonatal (teste do pezinho) deve ser feita entre o terceiro e o sétimo dia de vida da criança, conforme recomendação do Ministério da Saúde.
Em Manaus, o Laboratório Sabin, com 14 unidades na capital, oferece a possibilidade de fazer o exame no aconchego do lar, sem a necessidade de sair de casa. O serviço pode ser feito tanto na versão ‘básica’ quanto em outras modalidades, como ampliada, plus e master, o que aumenta o número de exames realizados.

“Todos os tipos do teste do pezinho podem indistintamente ser realizados em coleta em domicílio em qualquer horário (pela manhã ou pela tarde). Não há restrições quanto a isso. Ao realizar a coleta no ambiente familiar, isso proporciona maior conforto a mãe e a criança, evita deslocamentos e exposição do recém-nascido a aglomerações de pessoas”, salienta o gestor regional do Sabin na capital amazonense, Régis Torres Silva.

Segundo o gestor, na versão básica são pesquisadas a cromatografia de aminoácidos, TSH neonatal, T4 neonatal, hemoglobinopatias e PKU (dosagem de fenilalanina, dosagem de tirosina, ciclo da ureia, pesquisa de aminoacidopatias, ácidos graxos e orgânicos). Na versão ampliada são incluídos dois exames a mais, que são a dosagem da tripsina e do esteroide 17-OH-Progesterona.

Já na plus são acrescentados os exames de galactose, biotinidade e toxoplasmose, enquanto na master entram análises de sífilis, citomegalovírus, Chagas e Rubéola. Na versão completa, além de todos os outros exames são acrescentados as pesquisas de HIV, Surdez congênita, Doença de Pompe e Doença de Gaucher. Outra opção, realizada pelo Laboratório Sabin, é o teste expandido que mantém todos os exames já descritos nas outras modalidades e acrescenta a pesquisa dos distúrbios da Beta oxidação do ácido graxo e das academias orgânicas e pesquisa de Tirosinemias.

Os profissionais que realizam o procedimento são os mesmos coletores das unidades Sabin espalhadas pela cidade, com equipamentos destinados à proteção e preservação das amostras.
O deslocamento é realizado para qualquer bairro de Manaus, mediante agendamento pelo telefone (92)3584-0346 e 2126-8000 ou pelo e-mail coletaexterna.mao@sabin.com.br.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir