Dia a dia

Dia do Meio Ambiente terá plantio de árvores em Manaus

A ação será desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e pretende dotar o local de árvores de espécies florestais - foto: divulgação

A ação será desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e pretende dotar o local de árvores de espécies florestais – foto: divulgação

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado neste domingo (5), será marcado pelo plantio de 400 mudas de árvores nos nove canteiros que integram o Complexo Viário 28 de Março, que dá acesso ao aeroporto internacional Eduardo Gomes, na avenida Torquato Tapajós, Zona Oeste de Manaus.

A ação será desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e pretende dotar o local de árvores de espécies florestais diversas em continuidade às ações do Plano de Arborização 2016, o Arboriza Manaus. O projeto tem como finalidade plantar, até o fim deste ano, 10 mil mudas de árvores em 58 logradouros públicos da cidade.

Desde o último dia 21 de março, quando tiveram início as ações de plantio do Arboriza Manaus, já foram incorporadas à paisagem dos canteiros centrais, passeios públicos, praças e áreas verdes da cidade, o total de 1.688 árvores de ipês, pau-pretinho, jutairana, entre outras espécies florestais, com altura entre 1,50 e 1,80 metro.

O início do plantio do Arboriza aconteceu na Zona Norte, onde estão concentradas as maiores demandas de arborização da cidade.

“O avanço da cidade em direção à Zona Norte, com a implantação de condomínios e projetos de loteamento, ao longo dos anos, fez surgirem ilhas de calor naquela região da cidade por isso priorizamos a área, mas iremos abranger 35 bairros em todas as zonas de Manaus”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar.

Ele chama a atenção para o fato de que as intervenções vêm modificando significativamente a paisagem em vários logradouros públicos da cidade.

Logradouros

Já receberam mudas de árvores os parques da Juventude Águas Claras, Baixada Fluminense, avenidas Max Teixeira, Noel Nutels, Camapuã, Djalma Batista, Nathan Xavier, praça do Petrópolis, Passeio do Bindá (conjunto Eldorado), praça da Cavalaria (Dom Pedro), praça São Jorge (São Jorge), Jorge Teixeira, Manaus 2000, avenida general Rodrigo Otávio (Japiim) e o campo do Bahia (São José). Com a ação deste domingo, o número de mudas plantadas sobe para 2.088.

Lagoa do Japiim terá nova ETE

A solenidade de inauguração da reforma da primeira etapa do Parque Senador Arthur Virgilio Filho, no bairro Japiim, Zona Sul, na última quinta-feira à noite, foi marcada pelo lançamento das obras de adequação do sistema de coleta e tratamento de esgotos do parque, com o anúncio da construção de uma nova Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), que garantirá as correções necessárias para a manutenção da qualidade da lâmina d’água existente no logradouro, que passará enfim a ter as características aprazíveis de um lago artificial, sem o problema do mau odor ou acúmulo de matéria orgânica.

As obras da ETE e do sistema de captação serão possíveis graças a um Termo de Ajustamento de Conduta (TACA) firmado entre a Semmas, gestora do parque, e a concessionária Manaus Ambiental. A previsão é de que a obra tenha aproximadamente seis meses de duração, o que permitirá à Prefeitura de Manaus finalmente iniciar o trabalho de construção da segunda etapa do parque.

A primeira etapa foi entregue oficialmente à população pelo prefeito Arthur Virgilio Neto, com estruturas requalificadas e novos espaços de convivência que darão conforto e maior comodidade aos frequentadores, a exemplo de um pergolado, com mesa de dominó e xadrez, escadarias de acesso, um novo auditório e espaço cultural, ponto de distribuição de mudas padronizado, reforço na iluminação, que passa a ser toda de LED, além de um sistema temporário de biorremediação da água da lagoa.

A segunda etapa do parque contará com área recreativa, quadra poliesportiva, ampliação da pista de caminhada (atualmente com 530 metros, passando a ter 1 quilômetro), campo de futebol, playground e academia ao ar livre.

O parque, gerido pela Semmas, estava há 8 anos sem receber intervenções de melhorias. O secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar, ressalta que o parque não está passando apenas por um processo de reforma meramente físico, e sim ganhando uma nova funcionalidade, com espaços readequados, além e equipamentos.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir