Dia a dia

Detentos fazem motim e tomam agentes penitenciários de reféns no Compaj

Detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) fazem motim após fuga de outros internos. Conformes informações preliminares, agentes penitenciários estão entre os 72 reféns e há, pelo menos, seis pessoas mortas.

As ‘alterações’ nas unidades prisionais do Estado foram confirmadas pelo titular da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio.

“A situação é tensa e tudo está muito recente. O gabinete de crise está montado e a PM está no local. Qualquer informação que dermos agora é incompleta e temos que aguardar. Vamos fazer a negociação”, disse Florêncio, que estava embarcando de Brasília para Manaus.

O motim começou por volta das 16h deste sábado (1°). Alguns internos da unidade prisional teriam aproveitado o horário da visita para fugir. Entretanto, policiais da guarita avistaram a movimentação e efetuaram tiros.

Devido aos disparos efetuados pelos policiais, a confusão começou dentro do presídio. Os internos atearam fogo em umas celas.

Segundo familiares dos detentos, alguns agentes penitenciários teriam sido feitos reféns. Durante o tiroteio, uma agente penitenciária e pelo menos dois presos teriam ficados feridos.

A estrada que dá acesso a unidade prisional foi bloqueada por polícias militares. Várias viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e ambulâncias passaram na direção do Compaj.

Policiais militares que estavam na barreira, preferiram não dá informações sobre o fato.

A Seap informou que está colhendo todas informações para emitir uma nota oficial.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) comunica que todas as informações sobre as ocorrências nas unidades prisionais, registradas da tarde e noite deste domingo, serão dadas a partir do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

O titular da SSP-AM, Sérgio Fontes, está no CICC e irá dar esclarecimentos no decorrer da noite, segundo a assessoria, que também informa que, até o momento, apenas o Compaj se encontra com alterações e que toda a situação está sendo monitorada e as providências estão sendo adotadas.

Mara Magalhães
Portal EM TEMPO

7 Comments

Mais lidas

Subir