Dia a dia

Detento é encontrado morto em cela do CPD

O homem estava sozinho na cela, e provavelmente usou o lençol da cama para se enforcar - foto: divulgação

O homem estava sozinho na cela, e provavelmente usou o lençol da cama para se enforcar – foto: divulgação

O detendo José Raimundo Moreira, 27, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (17), dentro da cela de triagem do Centro de Detenção provisória (CDP), localizado no quilômetro 8 da BR-174 rodovia que liga Manaus/Boa Vista (RR).

De acordo com a assessoria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciaria (Seap), o homem deu entrada na unidade na tarde de ontem e passou a noite na sala de triagem. Pela manhã, quando um agente penitenciário foi pegá-lo para levar a uma cela da unidade, o encontrou, com um lençol enrolado no pescoço.

A Seap ainda informou que o homem estava sozinho na cela, e provavelmente usou o lençol da cama para se enforcar. José estava preso na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa e foi transferido na tarde quarta-feira (16) para o CDP.

O Instituto Médico Legal (IML) informou que a causa preliminar da morte foi por asfixia, após 30 dias será divulgado o laudo oficial.

O homem foi preso na ultima sexta-feira (10), apontado pela polícia como o autor do homicídio do casal Fagner de Souza Oliveira, 29, e Antonia Gracieide Cardoso da Silva, 22, ocorrido em maio deste ano, no ramal do Pau Rosa na BR 174.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir