Sem categoria

Desempregado é preso na Zona Norte após estuprar menina de 11 anos

 – foto: Arthur Castro

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA)– foto: Arthur Castro

Uma menina de apenas 11 anos foi vítima de estupro por parte desempregado Manuel Francisco de Castro Peres, 25, preso por volta das 6h deste domingo (17), na rua Vasco Ataíde, conjunto Boas Novas, bairro Cidade Nova, Zona Norte, após cometer o crime.

Segundo depoimento da vítima, Manuel ameaçou mata-la, bem como a sua família, caso ela não mantivesse relações sexuais com ele. O suspeito, porém, negou essa versão da menina e disse que foi ela quem ir usar a sua casa para usar entorpecentes.

À polícia, a menina relatou que trafegava em via pública na companhia de uma amiga, quando o suspeito a abordou e ordenou que fosse para sua casa, caso contrário a mataria, bem como sua família.

Ainda segundo a vítima, na residência de Manuel ele tirou suas roupas e a estuprou. Logo em seguida, ordenou que ela não contasse sobre o acontecido para ninguém. Porém, em depoimento, Manuel relatou que conheceu a vítima em uma festa e que ao convidar a menina para ir a sua casa ela aceitou porque queria usar drogas no local.

“A menina se contradiz nas versões dela, mas apesar disso, o crime ocorreu”, afirmou a delegada plantonista, Luciana Shelzia, da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Ainda de acordo com a delegada, policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) receberam uma denúncia informando que o desempregado tinha estuprado uma menina.

“Os policiais foram até a casa do Manuel e encontraram a garota na residência dele, foi quando o trouxeram para a delegacia. A amiga da vítima, testemunha, nos deu a mesma versão que o suspeito, dizendo que elas estavam em uma festa quando a menina foi para a casa dele. A criança alegou que os dois praticaram atos libidinosos, mas não chegou a ocorrer a penetração”, esclareceu Luciana.

O desempregado foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e após prestar depoimento foi levado a cadeia pública, no Centro.

 

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir