Sem categoria

Dermilson Chagas anuncia oficialmente filiação ao PEN

Parlamentar expôs na tribuna os motivos que o levaram a sair do PDT – foto: divulgação

Parlamentar expôs na tribuna os motivos que o levaram a sair do PDT – foto: divulgação

O deputado estadual Dermilson Chagas anunciou oficialmente, nesta terça-feira (22), sua filiação ao Partido Ecológico Nacional (PEN). O parlamentar afirmou que o partido representa um novo passo do mandato  em seu mandato na busca por ações que promovam o desenvolvimento do interior do Amazonas.

“Estamos indo para o PEN para desenvolver novos projetos. Um homem precisa de paz para desenvolver seu trabalho, para fazer um planejamento de trabalho. Depois de 16 anos de PDT deixo vários amigos, claro, mas no PEN almejo novos voos. Após conversar com lideranças no interior, nós chegamos ao consenso de ir para o PEN e assim discutir medidas que incluam a preocupação com o meio ambiente no debate do desenvolvimento e geração de emprego”, disse.

Dermilson exerce seu primeiro mandato eletivo nesta legislatura e o PDT foi o único partido, até então, ao qual foi filiado. O deputado chegou a ocupar a presidência do PDT por períodos curtos de tempo, mas declarou que forças nacionais e locais o impediram de avançar na linha política adotada para representar os eleitores que votaram nele. Dermilson foi o quarto deputado mais votado, em 2014, com mais de 80% de seus 29.324 votos oriundos do interior.

“Foi uma decisão difícil sair do único partido ao qual fui filiado até hoje. Deixo o PDT com pesar porque em mim vibram a formação da origem do partido baseadas no trabalhismo e educação. Agradeço tudo que aprendi e conquistei no PDT, inclusive os amigos, Mas, infelizmente, atualmente não encontro no PDT ressonância das importantes lutas que abraçamos em defesa do homem e da mulher do interior e a minha permanência era insustentável”, declarou.

Chagas é formado em Administração pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e é acadêmico de Direito do Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (CIESA). Por sete anos exerceu o cargo de superintende regional do Trabalho.

O PEN

O PEN teve o registro homologado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2012. O partido tem propostas sustentáveis dentre a principal é criar um novo modelo de gestão político-ambiental que respeite os princípios constitucionais. O PEN busca o equilíbrio da agricultura com a preservação ambiental, pede a definição de regras para a aplicação do Código Florestal em áreas urbanas, criação de varas ambientais especializadas, formação de legisladores e administradores conscientes, entre outras políticas públicas voltadas para a ecologia.

Com informações da assessoria

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir