Eleições

Deputados e vereadores anunciam apoio a Braga

Eduardo Braga, comentou que vem conversado com todos as lideranças políticas que participaram do pleito – Ione Moreno

Os deputados estaduais Sabá Reis (PR), Platiny Soares (DEM), Francisco Souza (Podemos) e Ricardo Nicolau (PSD) anunciaram, na tarde desta segunda-feira (7), apoio a candidatura do senador Eduardo Braga (PMDB) ao governo do Amazonas. Os parlamentares haviam marchado no primeiro turno ao lado do governador interino do Amazonas, David Almeida (PSD), que apoiava à candidatura da ex-superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Rebecca Garcia (PP).

Apesar de David Almeida não comparecer ao evento que oficializou o apoio ao peemedebista, os parlamentares estaduais cogitavam a ida dele para reforçar a disputa contra Amazonino Mendes (PDT). O presidente interino da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Abdala Fraxe (Podemos), também não compareceu. Entretanto, o colega de partido, Francisco Souza, afirmou que vem mantendo um diálogo para que ele fortaleça o grupo.

O candidato ao cargo de governador tampão, senador Eduardo Braga, comentou que vem conversado com todos as lideranças políticas que participaram do pleito no primeiro turno, inclusive, afirmou que manteve uma conversa por telefone com David Almeida.

“Conversei com David por telefone, mas, não tem nada definido. O certo é que vamos manter o diálogo e espero ter uma aliança abençoada por Deus e, acima de tudo, com o povo”, comentar o peemedebista.

Leia também: Amazonino comemora e Braga busca apoio para o segundo turno

Braga agradeceu o apoio dos deputados estaduais, que estavam na campanha dele desde o primeiro turno, como os deputados estaduais Belarmino Lins (Pros) e Alessandra Campêlo (PMDB), além dos deputados federais Alfredo Nascimento (PR) e Àtila Lins (PSD) e Sabino Castelo Branco (PTB).

“A turma que apoiava o José Melo (Pros) está tudo do lado de lá. As pessoas que estão aqui estão para fazer ações para a melhoria do Estado”, disse Braga.

Eduardo Braga aproveitou o evento para cutucar seu adversário no segundo turno. Segundo o senador, enquanto um candidato (referindo a Amazonino) quer tempo para arrumar a casa, a coligação “Renovação e Experiência” quer trabalhar para a melhoria do povo do Amazonas com trabalhos efetivos.

Braga e Ramos querem se unir com opositores após o segundo turno, se ganharem.

Sobre o apoio de Rebecca Garcia, terceira colocada no primeiro turno, que ficou com 18,06% dos votos, um total de 268.922 mil votos, e do quarto colocado, deputado estadual José Ricardo (PT), que teve um total de 181.257 mil votos, 12,17% dos votos, o senador afirmou que vem conversando com todos os envolvidos.

Braga afirmou ainda que não falou com Abdala Fraxe, mas, segundo o senador, os colegas de legenda do presidente interino da Aleam estão verificando a possibilidade dele compor a equipe. O deputado estadual Francisco Souza confirmou o discurso de Braga e disse, ainda, que vem dialogando com Fraxe para convencê-lo.

O líder do governo na Assembleia, Sabá Reis, que no primeiro turno fez duras críticas ao senador Eduardo Braga, comentou que a decisão para integrar o grupo do peemedebista aconteceu por apostar em alguém que tem todo potencial para vencer.

“Não temos nada que nos impeça de apoiar o Eduardo e ele reconhece a pessoa que sou. Eu tenho muita firmeza nas minhas posições e tenho independência de seguir minha consciência”, disse Reis.

 

Henderson Martins
EM TEMPO

Leia mais:

Durante voto, Eduardo Braga relembra trajetória para eleição inédita

Braga quer fazer parte de ação cautelar de Henrique Oliveira no STF

Pesquisa aponta Amazonino 11 pontos na frente de Braga no 1º turno

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir